ALUNOS E DOCENTES DA UNIFIPA APONTAM PERFIL DE CÂNCERES MALIGNOS NA MICRORREGIÃO

Alan Gazola segunda-feira, 12 de abril de 2021

Centro Universitário Padre Albino

O estudo foi realizado entre 2015 a 2018 e envolveu discentes de iniciação científica e docentes do curso de Medicina de Catanduva. 

O câncer tem vários fatores de risco que fazem com que os grupos populacionais exibam diferentes padrões de incidência, que geralmente estão associados a hábitos e exposição ambiental. Com objetivo de conhecer o perfil epidemiológico de cânceres malignos da cidade de Catanduva e microrregião foi realizada pesquisa desenvolvida por alunos e docentes do curso de Medicina/FAMECA UNIFIPA. 

Os dados foram obtidos dos diagnósticos confirmados de cânceres malignos a partir de biópsias realizadas pelo Departamento de Patologia dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos de Catanduva e da sua região de abrangência, no período de 2012 a 2015, analisados e comparados com dados das demais regiões brasileiras e mundiais. 

Diferentes padrões para idade, sexo e tipos de câncer foram encontrados, como menor incidência de tumores de próstata, colo do útero e pulmão comparados ao perfil nacional. Em contraste, melanoma e câncer de útero tiveram maior incidência. “Esses dados revelam distribuição epidemiológica distinta, possivelmente explicada pelas características socioeconômicas e ambientais da região e poderão auxiliar a formular políticas de saúde adequadas a essa realidade”, explica a orientadora do estudo, Profa. Dra. Ana Paula Girol. 

Considerando apenas os dados analisados com pacientes atendidos na microrregião, o estudo aponta o câncer de mama com maior incidência de diagnóstico, com 18% dos casos, seguido por câncer no colo e reto (16,7%) e de próstata (12,8%), respectivamente, conforme gráfico anexo. 

O estudo foi realizado de 2015 a 2018, num total de 1.013 diagnósticos, e os resultados apresentados em congresso e publicados na revista internacional de artigos científicos ‘Cuidarte Enfermagem’. 

Participaram da pesquisa a Profa Dra. Ana Paula Girol, orientadora; Prof. Dr. Lucas Possebon, co-orientador; Filippo Amorosino Dalloulf, Paula Ferreira Pinheiro, Caio Henrique Okuda Oliveira e Daiana Barbosa Dias Melo, na época alunos do curso de Medicina, graduados em 2019. 

(Foto Ilustrativa)

Galeria


O estudo foi realizado de 2015 a 2018, num total de 1.013 diagnósticos.

bcurso medicina


Rua dos Estudantes, 225
Cep: 15809-144 - Catanduva / SP
(17) 3311-3328

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA