UNIFIPA INICIA INSCRIÇÃO PARA O VESTIBULAR DA MEDICINA FAMECA DIA 24-07

              O Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA antecipou o Processo Seletivo Vestibular do curso de Medicina-FAMECA para 2020, que continua sob responsabilidade da VUNESP. O período de inscrições será de 24/07 a 17/09/2019 e as provas nos dias 12 e 13/10/2019. O resultado divulgado no dia 06 de novembro e as matrículas para as 100 vagas oferecidas serão iniciadas no dia 08/11/2019.       As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela internet, no site www.vunesp.com.br, mediante o preenchimento da ficha de inscrição e o pagamento da taxa, por boleto bancário, em qualquer agência bancária. A taxa de inscrição é de R$ 350,00 e o manual do candidato estará disponível site www.vunesp.com.br. Na inscrição, o candidato indica a cidade em que realizará as provas: Catanduva ou São Paulo.       Serviços de informações ficam disponíveis no Centro Universitário Padre Albino, pelo site www.unifipa.com.br, pelos telefones 0800-772-5393 e (17) 3311-3223, de segunda a sexta-feira, das 8 às 21 horas e pelo e-mail secretariaacademica@unifipa.com.br; na VUNESP, pela Central de teleatendimento – DISQUE VUNESP (0xx11 3874-6300), das 8 às 18 horas, de segunda a sábado, exceto feriados.  
Centro Universitário Padre AlbinoMedicina
Publicado em 15/07/2019 por Mauro Assi

SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE

A Reitoria do Centro Universitário Padre Albino comunica que estarão abertas as inscrições de candidatos à docência no Curso de Biomedicina, conforme a Resolução FIPA nº 16/2011, de 01/07/2011, obedecendo as informações e instruções abaixo. A)                 CURSO, DISCIPLINA, REQUISITO OBRIGATÓRIO, TITULAÇÃO EXIGIDA E VAGAS   Disciplina: Farmacologia e Toxicologia e atendimento dos docentes no tratamento estatísticos nos projetos de pesquisa. Requisito obrigatório: Bacharelado Biomedicina ou Ciências Biológicas Titulação mínima: Pós graduação “Stricto Sensu” (Mestrado ou Doutorado) na área de Biociências.                                                                                    Vaga: 01(uma)                                                                                  B)     INSCRIÇÕES Período: De 16 a 18 de Julho de 2019                                                                       Local: Setor de Recursos Humanos (RH) da FPA . Para maiores informações (17) 3311-3235 com Daniela. Documentos: Apresentar no ato da inscrição, Currículo Lattes com comprovação documental, especialmente da titularidade e requisito obrigatório. C)     CRITÉRIOS DE SELEÇÃO A seleção cumprirá duas etapas: a) a etapa RH da FPA, na qual os candidatos serão submetidos aos protocolos daquele setor e os resultados encaminhados à etapa seguinte; e b) a etapa UNIFIPA, que consistirá de duas fases: I- Análise de currículo (Classificatória e Eliminatória); II- Entrevista (Classificatória e Eliminatória). Ficará a cargo de uma banca examinadora, composta por 3 (Três) membros, que são respectivamente, o Coordenador do Curso, um Docente do Curso e o  Pró-reitor de graduação. O conjunto da análise do currículo (item I), entrevista (item II), qualificará o melhor candidato para a vaga e o resultado será informado ao RH da FPA pela Direção Geral. D)     CALENDÁRIO E LOCAL ·         Entrevista: a ser agendada com os candidatos aprovados no Item I;   Local da Entrevista: UNIFIPA - Campus Sede, à Rua dos Estudantes, 225, Catanduva/SP E)      TEMPO DE VALIDADE DO PROCESSO: Indeterminado       Catanduva, 15 de Julho de 2019. Dr. Nelson Jimenes Reitor  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 15/07/2019 por Mauro Assi

ALUNOS DA 6ª SÉRIE PARTICIPAM DO EXAME OSCE

            No dia 03 de julho, nos ambulatórios  do Hospital Emílio Carlos (HEC), 64 alunos alunos da 6ª série do curso de Medicina da UNIFIPA participaram do exame avaliatório com base no método internacional “Objective, Structured Clinical Examination (OSCE)”. O exame é uma prova prática com ambientes que simulam casos clínicos. Neste ano foram 11 estações simulando casos ligados à Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Ginecologia e Obstetrícia, Medicina Preventiva e Pediatria.               O objetivo da prova é avaliar as habilidades adquiridas pelos alunos diante das possíveis situações clínicas que enfrentarão após a graduação. O exame é parte das diversas ferramentas que o curso de Medicina da UNIFIPA utiliza durante o curso.               De acordo com o coordenador da Comissão de Residência Médica, Dr. Eduardo Marques, o exame OSCE permite colher amostras do desempenho do estudante em variedade de áreas e fazer o máximo uso do tempo disponível, de modo que tais áreas possam ser avaliadas de uma só vez. “As estações tinham duração de 4 minutos e 30 segundos cada, sendo que os 30 primeiros segundos foram utilizados para leitura das instruções afixadas na porta da sala. O professor responsável pela estação, ou alguém designado por ele, permaneceu dentro da sala com checklist que permitiu anotar o desempenho do aluno”, explicou o médico.  
Medicina
Publicado em 04/07/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA ARRECADOU 1590 LITROS DE LEITE E MAIS DE R$ 1 MIL NO III DESAFIO CULTURAL

         A coordenadora do curso de Biomedicina da UNIFIPA, Profª Drª Ana Paula Girol, entregou neste dia 11 de julho ao presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, os R$ 1.300,00 arrecadados no III Desafio Cultural realizado de 25 a 27 de junho, no Câmpus Sede. Os 1.590 litros de leite foram doados ao Hospital do Câncer de Catanduva (HCC) e aos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos.               Dr. Amarante agradeceu a Profª Ana Paula e aos alunos que participaram e se empenharam neste III Desafio, assim como pediu a continuidade do evento, muito importante no processo de divulgação e captação de recursos para o HCC.               O primeiro lugar do Desafio ficou para o 4º ano do curso, a Equipe Vermelha. A Equipe Verde, de alunos do 1º ano, venceu as provas de arrecadação. O Desafio promoveu a solidariedade, integração e aquisição de conhecimento para os alunos. “Este é um evento que estimula a solidariedade, aprendizagem e trabalho em equipe. O resultado foi muito positivo”, disse a Profa. Dra. Ana Paula Girol.      
Biomedicina
Publicado em 03/07/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA PROMOVERÁ CURSO DE CÉLULAS-TRONCO E MEDICINA REGENERATIVA

O curso de Biomedicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA, em parceria com o Laboratório de Criogenia RCrio, de Campinas/SP, promoverá nos dias 30 e 31 de julho próximo curso sobre “Células-tronco e Medicina Regenerativa” para professores, alunos e técnicos da Fundação Padre Albino. As atividades presenciais, com carga horária total de 12 horas, serão ministradas pelo cirurgião-dentista, fundador e diretor presidente da R-Crio e membro da Sociedade Internacional de Estudos com Células-Tronco, Dr. José Ricardo Muniz. De acordo com a docente da UNIFIPA, Dra. Giovana Gonçalves Vidotti, o curso oferecerá 30 vagas, ao valor de R$ 195,00, parcelados em até duas vezes. As inscrições devem ser feitas na Secretaria Acadêmica do Câmpus Sede da instituição, na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema – Catanduva, SP.  
Biomedicina
Publicado em 28/06/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA PROMOVERÁ EM AGOSTO CURSO DE CÉLULAS-TRONCO E MEDICINA REGENERATIVA

O curso de Biomedicina da UNIFIPA, em parceria com Laboratório de Criogenia RCrio, de Campinas/SP, oferecerá no segundo semestre deste ano curso sobre “Células-tronco e medicina regenerativa” para professores, alunos e técnicos da área da saúde. As aulas da disciplina optativa semipresencial serão iniciadas em agosto e terão duração de seis meses, com a primeira aula presencial (8h) na UNIFIPA, última presencial (6h) na infraestrutura da R-Crio e as demais no modelo EaD – Ensino a Distância. Com turma de 30 alunos e mensalidade de apenas R$ 50,00, totalizando R$ 300,00 ao final, a programação do curso contará com aulas em Bases Celulares e Moleculares da Regeneração; Pesquisa e desenvolvimento; Células-tronco e engenharia do genoma; Principais usos das células-tronco na medicina; Engenharia tecidual e biomateriais e Ética e assuntos regulatórios. A pré-inscrição deve ser feita na Secretaria Acadêmica do Câmpus Sede da UNIFIPA.  
Biomedicina
Publicado em 28/06/2019 por Mauro Assi

INSCRIÇÕES PARA TRANSFERÊNCIA NO 2º SEMESTRE/2019 COMEÇAM DIA 10 DE JULHO

            As inscrições para as vagas de transferência para os cursos de Biomedicina, Direito, Educação Física Bacharelado, Educação Física Licenciatura, Engenharia Agronômica, Farmácia e Pedagogia começam dia 10 e terminam dia 19 de julho próximo.  Os interessados deverão acessar o link no site da UNIFIPA e consultar os documentos necessários para solicitar a transferência.                      Confira o edital no link http://unifipa.com.br/site/59-vagas-para-transferencia  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 25/06/2019 por Mauro Assi

V JORNADA DA LIGA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA DA MEDICINA RECEBE DR. MARCELO ZUGAIB

            Mais de 200 pessoas participaram da V Jornada da Liga de Ginecologia e Obstetrícia do curso de Medicina da UNIFIPA, que teve como palestrante o Prof. Dr. Marcelo Zugaib, professor titular da disciplina de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). A jornada foi realizada no dia 18 de junho, no Anfiteatro Padre Albino.               “A Liga de Ginecologia e Obstetrícia ficou muito honrada e grata em receber o Prof. Dr. Marcelo Zugaib na nossa jornada. Houve a participação de toda a equipe de G.O. da faculdade, de alunos de outras áreas e de outras instituições, além de docentes de todos os anos da graduação. Ficamos felizes com a participação de todos e agradecemos a presença”, comemorou o presidente da Liga, Vinicius Basaglia.               Dr. Marcelo contou que Medicina não foi sua primeira escolha de profissão; ser arquiteto era seu sonho, mas diante da reprovação no vestibular, resolveu fazer cursinho para Medicina e um ano depois conseguiu entrar na faculdade. “Assim eu entrei na Faculdade Paulista de Medicina, e ao concluir minha graduação prestei exame para Residência Médica em Obstetrícia e Ginecologia na Faculdade de Medicina do Estado de São Paulo. Ali construí toda a minha carreira até chegar a professor titular da disciplina de Obstetrícia e Ginecologia da FMUSP”, contou.               No início da palestra, ele agradeceu aos alunos pelo convite e disse que jamais poderia recusar-se a dar uma aula após um pedido como aquele e que era um grande prazer falar com os estudantes.   Sobre o Palestrante               Dr. Marcelo Zugaib é professor titular da disciplina de Obstetrícia e Ginecologia da FMUSP.  Graduado em Medicina pela UNIFESP com Residência em Ginecologia e Obstetrícia na FMUSP e fellowship na Universidade da Califórnia (UCLA - USA) está envolvido em pesquisas de grande impacto no conhecimento da Fisiologia Fetal. Publicou mais de 570 artigos científicos, dos quais 215 em periódicos citados no PubMed, além da publicação de aproximadamente 27 livros e participação em mais de 250 capítulos de livros.  
Medicina
Publicado em 21/06/2019 por Mauro Assi

RESIDENTES DE CLÍNICA MÉDICA DA UNIFIPA PARTICIPAM DE SIMPÓSIO EM BARRETOS

        As médicas residentes do segundo ano de Clínica Médica da UNIFIPA Ana Olívia Guedes Leite e Beatriz dos Santos Thimóteo participaram, nos dias 7 e 8 de junho, em Barretos, do IV Simpósio do Internacional de Qualidade de Vida e II Simpósio Internacional de Cuidados Paliativos.             As médicas apresentaram os trabalhos “Implantação de uma enfermaria de cuidados paliativos num hospital escola”, como relato de experiência; “Perfil dos pacientes internados na enfermaria de cuidados paliativos de um hospital universitário”, ambos orientados pelas preceptoras Izabela Dias Brugugnolli e Mariana Ramires de Lima Facchini, e “Avaliação do conhecimento de colaboradores de um hospital universitário sobre o tema ‘cuidados paliativos’ pré e pós treinamento”, sob orientação das mesmas preceptoras e do Prof. Dr. Ricardo Alessandro Teixeira Gonsaga.             O serviço de Cuidados Paliativos do Hospital Emílio Carlos é coordenado pela médica paliativista Mariana Ramires de Lima Facchini.      
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 21/06/2019 por Mauro Assi

PROGRAMA DE MENTORIA DIVERSIFICA ENCONTROS NO MÊS DE JUNHO

           O curso de Medicina da UNIFIPA, que iniciou em fevereiro o Programa de Mentoria de 2019 para os alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries, diversificou seus encontros no mês de junho, possibilitando aos grupos conhecer outros médicos com especialidades diferentes. São 18 Mentores médicos, 25 Mentores alunos, totalizando 25 grupos de 12 a 15  alunos cada.               De acordo com a coordenadora do programa, a psicóloga Adriana Pagan Tonon, essa atividade foi programada junto com os Mentores e Mentores Júniores, ouvindo as solicitações dos grupos, que manifestaram interesse em conhecer a experiência de médicos de especialidades diferentes. “Isso ajudará a eles, futuramente, na decisão de qual especialidade seguir após a graduação”, explicou a coordenadora.      
Medicina
Publicado em 21/06/2019 por Mauro Assi

LIGA DA BIOMEDICINA PROMOVE PALESTRA SOBRE AROMATERAPIA E FITOTERAPIA

           No dia 10 de junho, a Liga de Plantas Medicinais e Fitoterapia do curso de Biomedicina da UNIFIPA promoveu palestra sobre Fitoterapia e Aromaterapia para alunos dos cursos de Biomedicina e Farmácia.               Ministrada pela nutricionista e naturóloga Dra. Renée Rodrigues, a palestra abordou o uso de terapias complementares, como a fitoterapia e a aromaterapia, no tratamento e prevenção de diversas patologias. De acordo com a Profa. Dra. Andreia de Haro Moreno, docente responsável pela liga acadêmica, “a palestra contribuiu para os conhecimentos sobre duas importantes práticas integrativas e complementares de saúde”.    
Biomedicina
Publicado em 21/06/2019 por Mauro Assi

HUMANIZAÇÃO É TEMA ENTRE PROFISSIONAIS E ALUNOS

Os Centros Integrados de Humanização dos hospitais Emílio Carlos e Padre Albino, em parceria com o Centro Universitário Padre Albino – UNIFIPA, promoveram nos dias 03, 17, 24, 31/05 e 5/06/2019 encontros com os alunos do primeiro ano do curso de Medicina para debater sobre as políticas de saúde pública nacional e estadual de humanização. Na oportunidade também foram divulgadas as metas para a segurança do paciente, de acordo com o preconizado pela Organização Mundial de Saúde, tendo como foco o atendimento de urgência e emergência.   Os encontros foram mediados por equipe multidisciplinar composta por enfermeiros, analistas, assistente social, psicóloga e médico. A iniciativa partiu de convite do Prof. Dr. Ricardo Alessandro Teixeira Gonsaga, com o objetivo de sensibilizar os estudantes e prepará-los para a prática profissional.   O tema central abordado foi a corresponsabilidade x integralidade do cuidado, sendo discutida principalmente a questão da comunicação e reorganização do processo de trabalho com ênfase nas decisões em equipe para a efetividade das boas práticas em saúde.   A coordenadora do Centro Integrado de Humanização do Hospital Padre Albino, Maristela P. P. Neves, destaca a importância do envolvimento do profissional médico no processo de humanização. “A premissa é que o indivíduo seja o maior interessado em sua saúde e, assim, o cuidado precisa ser centrado no ser humano e nas conexões que o mesmo faz, sendo o médico um dos interlocutores desse processo”, diz.   A Política Nacional de Humanização foi lançada pelo Ministério da Saúde em 2003. Já a Política Estadual de Humanização foi preconizada por São Paulo, a partir de 2012. “No Brasil, as políticas de humanização são relativamente novas e, por isso, muitos profissionais não tiveram em sua grade curricular o acesso ao conceito durante a formação. Nos Estados Unidos, por exemplo, o cuidado centrado no paciente é discutido desde 1978, mas independentemente dos períodos o tema é sempre um desafio”, complementa Maristela.   Assim como o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde, a Fundação Padre Albino tem o objetivo de transformar o modo de se fazer assistência com humanização.
Hospital Padre AlbinoCentro Universitário Padre Albino
Publicado em 18/06/2019 por Marcella Milani

DR. MARCELO ZUGAIB É PALESTRANTE DA V JORNADA DA LIGA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

                O Prof. Dr. Marcelo Zugaib é o palestrante da V Jornada da Liga de Ginecologia e Obstetrícia do curso de Medicina da UNIFIPA nesta terça-feira, dia 18, às 19h00, no Anfiteatro Padre Albino, na Rua 13 de Maio, 1064.               Professor titular de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) ele falará sobre Amniorrexe Prematura (Pré Termo) e Sofrimento Fetal (Cardiotocografia).   Sobre o Palestrante               Dr. Marcelo Zugaib é professor titular da disciplina de Obstetrícia e Ginecologia da FMUSP.  Graduado em Medicina pela UNIFESP com Residência em Ginecologia e Obstetrícia na FMUSP e fellowship na Universidade da Califórnia (UCLA - USA) está envolvido em pesquisas de grande impacto no conhecimento da Fisiologia Fetal. Publicou mais de 570 artigos científicos, dos quais 215 em periódicos citados no PubMed, além da publicação de aproximadamente 27 livros e participação em mais de 250 capítulos de livros.  Foto: Dr. Marcelo Zugaib.
Medicina
Publicado em 18/06/2019 por Mauro Assi

REMATRÍCULA PARA 2º SEMESTRE 2019 COMEÇA DIA 15 DE JULHO

        As rematrículas para os cursos de Biomedicina, Direito, Educação Física Bacharelado, Educação Física Licenciatura, Engenharia Agronômica, Farmácia e Pedagogia começam dia 15 e terminam no dia 26 de julho. O aluno deve procurar a secretaria de cada curso para a rematrícula. O atendimento no Campus Sede é das 08 às 21 horas e no Campus São Francisco das 14 às 18 horas e das 19 às 21 horas, de segunda a sexta-feira.             A rematrícula é obrigatória, inclusive para alunos com Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) e bolsas de estudo. No ato, o aluno pagará a mensalidade de julho, referente ao 2º semestre de 2019 do curso.   Confira o edital completo no link http://www.unifipa.com.br/site/documentos/edital_rematricula_2sem_2019.pdf  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 17/06/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA REALIZA O III DESAFIO CULTURAL

             De 25 a 27 de junho, o curso de Biomedicina da UNIFIPA realiza o III Desafio Cultural, no Câmpus Sede. A inscrição para o evento é de R$ 10 e deverá ser feita até o dia 19 de junho, na secretaria do curso. O desafio promove a solidariedade, integração e aquisição de conhecimento, pois serão ministrados minicursos nas salas de aula e laboratórios.               Os inscritos serão divididos em equipes e ao final de cada minicurso irão responder um quiz que contará pontos. Além desse formato de pontuação haverá arrecadação de leite e de dinheiro (somarão pontos na disputa), posteriormente revertidos ao Hospital do Câncer de Catanduva (HCC) e aos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos.               Segundo a coordenadora do curso de Biomedicina, Profa. Dra. Ana Paula Girol, os participantes poderão se inscrever em mais de um minicurso. “Este é um evento que estimula solidariedade, aprendizagem e trabalho em equipe”, disse a coordenadora.   Programação   Dia 25 Patologia macroscópica com a biomédica Kélita Flora, duas turmas (19h30/21h), carga horária de 2 horas, com 20 vagas/turma. Métodos de Diagnóstico Energético através da Acupuntura com o Prof. Me. Américo Riccardi V. Lourenço, duas turmas (19h30/21h), com carga horária de 2 horas e 30 vagas/turma. Estética com a Profa. Dra. Wanessa Medina, duas turmas (19h30/21h), com carga horária de 2 horas e 30 vagas/turma. Técnica de expressão gênica por meio da extração de RNA (tecnologia nCounter em NanoString), com a mestranda Isabella Gomes, uma turma (19h30), com carga horária de 2 horas e 50 vagas Técnica de cultura celular: preparo do cultivo, com a mestranda Isabella Gomes, uma turma (21h), com carga horária de 2 horas e 50 vagas.   Dia 26 Patologia macroscópica com a biomédica Kélita Flora, duas turmas (19h30/21h), carga horária de 2 horas, com 20 vagas/turma. Técnica de cultura celular: preparo do cultivo, com a mestranda Isabella Gomes, uma turma (19h30), carga horária de 2 horas e 50 vagas. Técnica de expressão gênica por meio da extração de RNA (tecnologia nCounter em NanoString), com a mestranda Isabella Gomes, uma turma (21h), carga horária de 2 horas e 50 vagas.   Dia 27 Apresentação cultural e palestra sobre a Saúde da Mulher, com a Profa. Carla Lopes, de Indaiatuba-SP, na sala de ginástica, dança e lutas do Complexo Esportivo, a partir das 19h30.  
Biomedicina
Publicado em 14/06/2019 por Mauro Assi

SAEME PASSA A SER AGÊNCIA ACREDITADORA DOS CURSOS DE MEDICINA NO BRASIL

Curso de Medicina da UNIFIPA já foi acreditado pelo órgão              O SAEME – Sistema de Acreditação de Escolas Médicas recebeu reconhecimento internacional da World Federation for Medical Education (WFME) como agência acreditadora dos cursos de Medicina no Brasil durante a World Conference da entidade realizada na cidade de Seul, na Coreia do Sul, em abril deste ano.             Com o tema “Quality Assurance in Medical Education in the 21th Century”, as discussões na conferência foram sobre acreditação de cursos de medicina em cada país e reconhecimento internacional das agências acreditadoras. De acordo com informações da SAEME, “a tônica principal foi que acreditação será o aspecto mais importante da garantia da qualidade da formação médica na próxima década, sendo que a discussão maior ficou no equilíbrio necessário entre exigências internacionais e a prioridade de formar médicos para as necessidades de cada país. Essa discussão opõe, algumas vezes, representantes de países do primeiro mundo e países mais pobres”.             A WFME teve a participação de cerca de 1.000 pessoas de aproximadamente 60 países. O Brasil foi representado pelos professores Milton de Arruda Martins, Coordenador do SAEME, e Patrícia Tempski, Secretária Executiva do SAEME, Mauro Brito Ribeiro, vice-presidente do Conselho Federal de Medicina-CFM, e Jeancarlo Cavalcante, Conselheiro Federal do CFM.             O próximo congresso da WFME, em 2022, terá como tema a aprovação das novas diretrizes para a formação médica da WFME/OMS, a serem elaboradas nos próximos anos. A WFME raramente faz conferências internacionais; a última foi em 2013.  Medicina da UNIFIPA está avaliada              Em 2015, o curso de Medicina da UNIFIPA inscreveu-se voluntariamente nesse processo e em 2016 foi realizada a autoavaliação, a apresentação das evidências e a visita de comissão avaliadora composta por quatro membros. No final do processo, o SAEME conferiu ao curso de Medicina da UNIFIPA o parecer “ACREDITADO”, que corresponde a um certificado de qualidade, com validade nacional e internacional.               De acordo com o parecer final do SAEME, “a visita permitiu entender melhor as relações do Curso de Medicina da UNIFIPA com a Fundação Mantenedora e com a cidade de Catanduva. Essa relação, que tem já muitas décadas, explica muito da inserção de um Curso de Medicina em Catanduva. Pode se dizer que o desenvolvimento da rede de cuidado e de formação em Catanduva provém principalmente do interesse de Padre Albino pela saúde, pelos hospitais e pela formação em medicina. Não existem na cidade outros cursos de Medicina, nem outros hospitais públicos fora da Fundação Padre Albino. Algo muito positivo que revelado ao longo da visita foi o interesse e a dedicação do corpo docente e de funcionários à instituição, além do esperado para uma instituição privada. Isso se traduz em vários aspectos relacionais como, por exemplo, “fazer bem as coisas”, que supera inclusive o que aparece na autoavaliação do curso. A equipe de avaliadores apreciou muito esse componente e agradece o interesse e o esforço em conduzir o processo prévio ao momento da visita, com profissionalismo e muito interesse em participar de forma transparente da avaliação”.               O parecer termina dizendo que a “preceptoria no internato médico pode ser considerada modelo pela relação privilegiada preceptor-aluno nos variados cenários de prática, podendo inclusive ser compartilhada com outras IES”. O parecer final foi assinado pelo médico e professor de medicina da USP Prof. Dr. Milton de Arruda Martins, Coordenador do SAEME.             O pró-reitor acadêmico e de graduação da UNIFIPA, Prof. Dr. Antonio Carlos de Araújo, sobre o reconhecimento do SAEME pela WFME, disse que “em primeiro lugar, o curso de Medicina foi avaliado pelo Sistema; em segundo, ao acreditar, o SAEME, como órgão de avaliação internacional, qualifica o curso, como consequência, para avaliar médicos que queiram se qualificar para atuarem nos Estados Unidos”. O pró-reitor informou que no Brasil trinta e cinco cursos de Medicina foram avaliados pelo SAEME, sendo doze no Estado de São Paulo e o curso de Medicina da UNIFIPA está entre eles. “Isto realmente é muito importante para todos nós da Fundação Padre Albino em geral e em especial para a UNIFIPA. Ou seja, ganhamos um selo de qualidade internacional”, finalizou.  Entenda             O Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM), reafirmando seus compromissos com o exercício profissional ético e a formação de médicos competentes e adequados às necessidades do país, uniram-se para o desenvolvimento e implementação do Sistema de Acreditação dos Cursos de Medicina no Brasil (SAEME).             Ancorado na ética, transparência, independência, qualidade e responsabilidade social, valores que norteiam a iniciativa, o SAEME nasceu da demanda de maior participação das escolas médicas, das entidades profissionais e da sociedade no desenvolvimento de visão crítica sobre a qualidade da formação médica no Brasil e da necessidade de apresentar à sociedade um processo de acreditação transparente e independente. O processo de avaliação é baseado em indicadores de qualidade dos cursos, organizados em cinco dimensões: Gestão Educacional, Programa Educacional, Corpo Docente, Corpo Discente e Ambiente Educacional.  Atuação nos EUA              A Comissão Educacional para Médicos Graduados no Exterior (ECFMG, na sigla em inglês) anunciou mudanças para médicos estrangeiros que pretendam atuar profissionalmente nos Estados Unidos a partir de 2023. O órgão, responsável por dar início ao processo de certificação, determinou que somente médicos de escolas acreditadas por agências reconhecidas pela Federação Mundial para Educação Médica poderão se candidatar.             O curso de Medicina da UNIFIPA, já acreditado, está entre as universidades certificadas para médicos que pretendem atuar como profissionais nos EUA a partir daquele ano. Alunos de apenas 32 escolas brasileiras estão aptos a realizar este processo. No Estado de São Paulo somente sete estão na lista dessa certificação, entre elas o curso de Medicina do Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA). As demais são a Faculdade de Medicina de Jundiaí, Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, Faculdade de Medicina do ABC, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Federal de São Paulo e Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.  
Centro Universitário Padre AlbinoMedicina
Publicado em 12/06/2019 por Mauro Assi

SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE

A Reitoria do Centro Universitário Padre Albino comunica que estarão abertas as inscrições de candidatos à docência no Curso de Medicina, conforme a Resolução FIPA nº 16/2011, de 01/07/2011, obedecendo as informações e instruções abaixo. A)                 CURSO, DISCIPLINA, REQUISITO OBRIGATÓRIO, TITULAÇÃO EXIGIDA E VAGAS                 Disciplina: GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Requisito obrigatório: Bacharelado em Medicina                              Titulação mínima: Mestrado                                                                                               Vaga: 01(uma)                                                                                  B)     INSCRIÇÕES Período: De 11 a 13 de Junho de 2019                                                                       Local: Setor de Recursos Humanos (RH) da FPA . Para maiores informações (17) 3311-3235 com Daniela. Documentos: Apresentar no ato da inscrição, Currículo Lattes com comprovação documental, especialmente da titularidade e requisito obrigatório. C)     CRITÉRIOS DE SELEÇÃO A seleção cumprirá duas etapas: a) a etapa RH da FPA, na qual os candidatos serão submetidos aos protocolos daquele setor e os resultados encaminhados à etapa seguinte; e b) a etapa UNIFIPA, que consistirá de três fases: I-  Análise de currículo ( Classificatória e Eliminatória); II- Entrevista (Classificatória e Eliminatória)  e; III- Prova Didática ( Classificatória e Eliminatória). Ficará a cargo de uma banca examinadora, composta por 3 (Três) membros, que são respectivamente, o Coordenador do Curso, um Docente do Curso e o Coordenador Pedagógico. A Prova Didática (aula teórica em nível de graduação) com duração entre vinte e trinta minutos avaliará a comunicação, o desempenho didático-pedagógico e o conhecimento específico na área. O tema da prova didática será escolhido pelo candidato classificado nos itens I e II, com Antecedência de 24 horas, dentre 3 (três) temas da área de especialidade do concurso, sugeridos pela Banca Examinadora. O conjunto da análise do currículo (item I), entrevista (item II) e prova didática (item III), qualificará o melhor candidato para a vaga e o resultado será informado ao RH da FPA pela Direção Geral. D)     CALENDÁRIO E LOCAL DAS PROVAS ·         Entrevista: a ser agendada com os candidatos aprovados no Item I; ·         Prova Didática: a ser agendada com os candidatos aprovados no Item II;   Local da Entrevista e Prova Didática: FIPA - Campus Sede, à Rua dos Estudantes, 225, Catanduva/SP E)      TEMPO DE VALIDADE DO PROCESSO: Indeterminado       Catanduva, 06 de Junho de 2019. Dr. Nelson Jimenes Reitor  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 11/06/2019 por Mauro Assi

XIX ELEC REALIZOU 250 ATENDIMENTOS NA PRAÇA MONSENHOR ALBINO

           A XIX edição do Encontro de Ligas Estudantis de Catanduva (ELEC), evento realizado pelo Centro Acadêmico Emílio Ribas (CAER) do curso de Medicina da UNIFIPA, realizou 250 atendimentos à população que passou pela Praça Monsenhor Albino no último sábado, dia 7. O encontro ofereceu exames preventivos, como Índice de Massa Corporal (IMC), aferição de pressão arterial e glicemia capilar, com a participação de mais de 300 alunos do curso. O Grupo de Ajuda Comunitária (GAC) arrecadou 200 pares de meias, que serão transformadas em cobertores para moradores de rua.               De acordo com o diretor de Ligas e Extensões do CAER, Nicolas Joseph Della Matta, esse evento é importante para a população, que pode usufruir de exames preventivos para descobrir possíveis doenças. “Para os alunos, é importante estar em contato com a população; isso contribui para a formação humanística e técnico-científica dos estudantes que, em breve, estarão no mercado de trabalho como médicos atuantes”, enalteceu o estudante.               Desta edição do ELEC participaram 23 extensões do curso de Medicina da UNIFIPA, além do Grupo de Ajuda Comunitária (GAC) e o Comitê Local da IFMSA Brasil.   Projeto “Meias do Bem”               O GAC arrecadou 200 pares de meias durante o ELEC, que serão transformadas em cobertores para moradores de rua. Eles serão doados para o projeto ‘’Meias do Bem’’, da marca Puket. Como parte das atividades do GAC, alguns alunos portavam uma placa com a frase “Você quer um abraço?” e distribuíram abraços.               “Ficamos muito felizes com a arrecadação das meias, pois sabemos que fará diferença na vida de muitas pessoas, principalmente agora no frio. Agradecemos muito a todos!”, disse a presidente do GAC, Ana Laura Pallone Buzzini.  
Medicina
Publicado em 10/06/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA OFERECE CURSO PARA PROFESSORES, ALUNOS E TÉCNICOS DA FUNDAÇÃO PADRE ALBINO

             O curso de Biomedicina da UNIFIPA oferece curso de células-tronco e medicina regenerativa, com início no mês de julho, para professores, alunos e técnicos da Fundação Padre Albino. O curso terá duração de 12 horas, no valor de R$ 195,00, que poderá ser dividido em duas vezes.               As inscrições deverão ser feitas na Secretaria Acadêmica da UNIFIPA, no Câmpus Sede, Rua dos Estudantes, 225. Informações poderão ser adquiridas pelo telefone 17 3311-3340.  
Biomedicina
Publicado em 07/06/2019 por Mauro Assi

SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE

A Reitoria do Centro Universitário Padre Albino comunica que estarão abertas as inscrições de candidatos à docência no Curso de Medicina, conforme a Resolução FIPA nº 16/2011, de 01/07/2011, obedecendo as informações e instruções abaixo. A)                 CURSO, DISCIPLINA, REQUISITO OBRIGATÓRIO, TITULAÇÃO EXIGIDA E VAGAS                 Disciplina: GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Requisito obrigatório: Bacharelado em Medicina                              Titulação mínima: Especialização                                                                                                 Vaga: 01(uma)                                                                                  B)     INSCRIÇÕES Período: De 11 a 13 de Junho de 2019                                                                       Local: Setor de Recursos Humanos (RH) da FPA . Para maiores informações (17) 3311-3235 com Daniela. Documentos: Apresentar no ato da inscrição, Currículo Lattes com comprovação documental, especialmente da titularidade e requisito obrigatório. C)     CRITÉRIOS DE SELEÇÃO A seleção cumprirá duas etapas: a) a etapa RH da FPA, na qual os candidatos serão submetidos aos protocolos daquele setor e os resultados encaminhados à etapa seguinte; e b) a etapa UNIFIPA, que consistirá de três fases: I-  Análise de currículo ( Classificatória e Eliminatória); II- Entrevista (Classificatória e Eliminatória)  e; III- Prova Didática ( Classificatória e Eliminatória). Ficará a cargo de uma banca examinadora, composta por 3 (Três) membros, que são respectivamente, o Coordenador do Curso, um Docente do Curso e o Coordenador Pedagógico. A Prova Didática (aula teórica em nível de graduação) com duração entre vinte e trinta minutos avaliará a comunicação, o desempenho didático-pedagógico e o conhecimento específico na área. O tema da prova didática será escolhido pelo candidato classificado nos itens I e II, com Antecedência de 24 horas, dentre 3 (três) temas da área de especialidade do concurso, sugeridos pela Banca Examinadora. O conjunto da análise do currículo (item I), entrevista (item II) e prova didática (item III), qualificará o melhor candidato para a vaga e o resultado será informado ao RH da FPA pela Direção Geral. D)     CALENDÁRIO E LOCAL DAS PROVAS ·         Entrevista: a ser agendada com os candidatos aprovados no Item I; ·         Prova Didática: a ser agendada com os candidatos aprovados no Item II;   Local da Entrevista e Prova Didática: FIPA - Campus Sede, à Rua dos Estudantes, 225, Catanduva/SP E)      TEMPO DE VALIDADE DO PROCESSO: Indeterminado       Catanduva, 06 de Junho de 2019. Dr. Nelson Jimenes Reitor  
Fundação Padre AlbinoCentro Universitário Padre Albino
Publicado em 06/06/2019 por Mauro Assi

XIX ELEC REUNIRÁ 23 LIGAS DE MEDICINA SÁBADO NA PRAÇA DA MATRIZ

             A XIX edição do Encontro de Ligas Estudantis de Catanduva (ELEC), evento realizado pelo Centro Acadêmico Emílio Ribas (CAER) do curso de Medicina da UNIFIPA, reunirá 23 ligas de extensão neste sábado, 08 de junho, na Praça Monsenhor Albino, das 8 às 13 horas. O encontro oferecerá exames preventivos, como Índice de Massa Corporal (IMC), aferição de pressão arterial e glicemia capilar à população. Além dessas ações, o Grupo de Ajuda Comunitária (GAC) arrecadará meias, que serão transformadas em cobertores para moradores de rua.               De acordo com o diretor de Ligas e Extensões do CAER, Nicolas Joseph Della Matta, o ELEC deste ano será especial, devido aos 50 anos do curso de Medicina da UNIFIPA. “Gostaria de convidar a população para participar do XIX ELEC. Um evento tradicional do curso de Medicina que busca orientar a população acerca de diversas doenças, bem como realizar exames preventivos e levar conhecimento técnico-científico à população”, disse ele.               Deste ELEC participarão 23 extensões do curso de Medicina da UNIFIPA: Liga Acadêmica de Anatomia Geral (LAAG), Liga Acadêmica de Cuidados Paliativos (LACP), Liga Acadêmica de Ortopedia e Medicina Esportiva (LAOME), Liga de Cirurgia Geral (LCG),  Liga de Clínica Médica (LCM), Liga do Coração (LCOR), Liga de Cirurgia Plástica (LCP), Liga de Cirurgia de Urgência e Trauma (LCUT), Liga de Medicina de Família e Comunidade (LMFC), Liga de Cirurgia Vascular e Angiologia (LCVA), Liga de Dor e Anestesiologia (LDOR), Liga de Endocrinologia e Diabetologia (LED), Liga de Ginecologia e Obstetrícia (LGO), Liga de Infectologia (LI), Liga de Dermatologia (LIDER), Liga de Oncologia (LIONCO), Liga de Saúde, Ciência e Espiritualidade (LISCE), Liga de Neuropsiquiatria (LNP), Liga de Pediatria (LPED), Liga de Pneumologia e Terapia Intensiva (LPTI), Liga de Radiologia (LRAD), além do Grupo de Ajuda Comunitária (GAC) e o Comitê Local da IFMSA Brasil.   Projeto “Meias do bem’’               O GAC fará arrecadação de meias, que serão transformadas em cobertores para moradores de rua. A arrecadação de meias será designada para o projeto ‘’Meias do Bem’’, da marca Puket, que teve início em 2013. “Todos os tipos de meia servem para ajudar nesta campanha - rasgada, sem par, furada, qualquer uma e de qualquer marca. As novas peças são doadas para várias instituições sociais; além de social, é um projeto sustentável”, disse a presidente do GAC, Ana Laura Pallone Buzzini.
Medicina
Publicado em 05/06/2019 por Mauro Assi

ALUNOS DA MEDICINA VISITAM HOSPITAL MAHATMA GANDHI

            Os alunos do 3º ano do curso de Medicina da UNIFIPA visitaram, no dia 30 de maio, o Hospital Mahatma Gandhi. De acordo a Profa. Me. Cristiane Paschoa, a visita teve a finalidade de conhecer o funcionamento do hospital e suas instalações.                A partir da visita técnica, os alunos entenderam sobre a dinâmica do atendimento em saúde mental, oferecida pela Instituição, bem como as demandas de Catanduva e região.  
Medicina
Publicado em 03/06/2019 por Mauro Assi

EDITAL DE REMATRÍCULA DO 2º SEMESTRE ESTÁ DISPONÍVEL NO SITE

            O edital de rematrícula do 2º semestre está disponível no portal www.unifipa.com.br para os cursos semestrais: Biomedicina, Direito, Educação Física Bacharelado, Educação Física Licenciatura, Engenharia Agronômica, Farmácia e Pedagogia. As rematrículas serão realizadas de 15 a 26 de julho na secretaria de cada curso.             A rematrícula para o 2º semestre é obrigatória para todos os alunos dos cursos semestrais, inclusive para alunos com Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior – FIES, Programa Universidade para Todos - PROUNI ou qualquer tipo de bolsa. A não realização de rematrículas no prazo implica na perda de vínculo do aluno com a UNIFIPA e as vagas serão oferecidas para transferência.             Na rematrícula, o aluno pagará a primeira mensalidade referente ao 2º semestre do curso (julho/2019), preencherá requerimento e o contrato de prestação de serviços educacionais, disponíveis nas secretarias dos cursos.             As rematrículas devem ser feitas das 8h às 21h no Câmpus Sede e das 14h às 18h e das 19h às 21h no Câmpus São Francisco, de segunda a sexta-feira.
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 31/05/2019 por Mauro Assi

“POR UM MUNDO LIVRE” É TEMA DE DEBATE NA UNIFIPA

              Os cursos de Direito e Medicina da UNIFIPA promoveram, no último dia 29, no Câmpus São Francisco, o debate “Por um mundo livre – Saúde LGBT+ e a orientação sexual como um determinante social de saúde”. A atividade abordou temáticas como a saúde física e mental, com a aluna do 3º ano de Medicina Beatriz B. Parsekian e com a psicóloga Telma Abrahão; os direitos da população LGBT com o aluno do curso de Direito da UNIFIPA Mario Quiudini Neto e depoimento da transexual Carla Mendes.             Durante o debate, os palestrantes apresentaram dados e informações sobre a temática, como a recente alteração na Organização Mundial de Saúde (OMS), de 18/05/2019, em que o transexualismo e o travestismo deixam de ser consideradas doenças; exemplo de épocas e culturas onde as características físicas e as vestimentas determinavam o ser homem/mulher e a morte de um LGBT a cada 26 horas no Brasil, além de ser o 2º país que mais acessa sites LGBTs, mas é o primeiro com mais mortes.             Houve sorteio do livro “Dois pais, SIM” do primeiro casal homoafetivo a adotar uma criança no Brasil, na época residentes em Catanduva, Vasco da Gama e Junior de Carvalho, a divulgação do número 136 (Disque Saúde) para denúncias e informações e da página www.facebook.com/cidadaniaplural , criada pelos alunos  do curso de Direito da UNIFIPA, através de projeto de extensão.    
DireitoMedicina
Publicado em 31/05/2019 por Mauro Assi

LIGA DE NEUROPSIQUIATRIA REALIZA O V CURSO DE CEFALEIA

            A Liga de Neuropsiquiatria (LNP) do curso de Medicina da UNIFIPA realizou no dia 18 de maio, no Anfiteatro Padre Albino, das 8h00 às 16h30, o V Curso de Cefaleia. O evento foi realizado em comemoração ao Dia Nacional de Combate à Cefaleia, 19 de maio, e direcionado para estudantes de Medicina, Residentes, neurologistas e profissionais da área da saúde.               De acordo com as presidentes docente e discente da LNP, Dra. Eliana Melhado e Laura Folquitto de Oliveira, o objetivo do curso foi instruir sobre os tipos de cefaleia, os indivíduos mais acometidos, os principais sinais e sintomas para identificação correta e os tratamentos mais atualizados.               As palestras foram ministradas pela médica formada pela FACISB, residente de Ginecologia e Obstetrícia, Beatriz Brighenti; neurologista pela USP de Ribeirão Preto, fellow da American Headache Society, veedor da ASOLAC, Carlos Alberto Bordini; neurocirurgião pela FCMSCSP, especialista em microcirurgia vascular e epilepsia pelo HC da Faculdade de Medicina da USP, Alexandre Haddad de Souza; neurologista pela UNICAMP, autora dos livros “Cefaleia na Mulher” e “Dor de Cabeça e Enxaqueca: tudo que você precisa saber”, coordenadora do Comitê de Cefaleia na Mulher da Sociedade Brasileira de Cefaleia, Eliana Meire Melhado; pelo educador físico pela UNESP de Presidente Prudente, Mestre em Fisiologia do Exercício pela UEL, Doutor em ciências da saúde pela FAMERP, Cássio Gonçalves, e pelo neurologista, docente da disciplina de Neurologia da Faculdade de Medicina de Catanduva, Manoel de Souza Neto.    
Medicina
Publicado em 24/05/2019 por Mauro Assi

LIGAS DA MEDICINA DESENVOLVEM CAMPANHA DE ATIVIDADE FÍSICA E ALIMENTAÇÃO PARA ALUNOS DO ABC DO SABER

         No dia 16 de maio, as Ligas de Pediatria e Endocrinologia do curso de Medicina da UNIFIPA realizaram campanha de atividade física e alimentação saudável com 80 alunos do projeto ABC do Saber da escola municipal Arnaldo Zancaner. Na atividade foi promovida gincana, na qual as crianças responderam questões sobre hábitos saudáveis, além de medir a glicemia capilar dos alunos participantes. Ao final da brincadeira foi oferecida salada de frutas como cardápio de alimentação saudável.               Segundo a vice-presidente Liga de Pediatria, Layra Rayanne Santos, o objetivo da campanha é incentivar as crianças, de forma lúdica, à prática de manter um cardápio saudável no dia a dia. “Foram realizadas medições de IMC (índice de massa corpórea) e níveis de glicemia para informar aos professores sobre a saúde das crianças”, disse a aluna.               Participaram do evento os alunos Giovanna Valadares Diniz, Giovana Longhini, Camila Cressoni, Gabriela Cristina, Ana Laura Buzzini, Maria Isabel Braga, Laura Comarella, Ana Luísa Pagano , Beatriz Colovati, Sarah Gavião, Vitória Ambrisio, Rodrigo Nakamura, Emilly Kasikara, João Pedro Piantamar, Irael Santana, Marcela Prado, Bianca Huang, Gustavo Rocha e Leonardo Yamamoto.    
Medicina
Publicado em 22/05/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA CELEBRA MISSA AO CADÁVER DESCONHECIDO

          O Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) celebrou neste dia 20 de maio, às 16 horas, no Laboratório de Anatomia, missa em ação de graças ao cadáver desconhecido, presidida pelo capelão dos hospitais Padre Francisco Adão da Silva. A missa teve a participação da 50ª turma do curso de Medicina e de funcionários da UNIFIPA.               O padre Francisco lembrou o quanto é importante a Medicina para benefício do próximo. “A vocês, estudantes, peço que Deus siga abençoando-os muito nesta profissão que vocês escolheram”, disse. Já a Profa. Dra. Cibelle Rocha Abdo agradeceu aos alunos pela participação na celebração e lembrou que a atividade é uma forma de agradecimento e reconhecimento desses corpos que servem de aprendizado para os alunos da UNIFIPA.      
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 21/05/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA CELEBRARÁ MISSA AO CADÁVER DESCONHECIDO

         No dia 20 de maio, a UNIFIPA celebrará missa em ação de graças ao cadáver desconhecido, presidida pelo Capelão Padre Francisco Adão da Silva, às 16 horas, no Laboratório de Anatomia. A missa é organizada pela 50ª turma do curso de Medicina.               De acordo com a Profa. Dra. Cibelle Rocha Abdo, esta missa acontece há mais de 30 anos e é uma forma de homenagear estes falecidos que em vida não tiveram o devido reconhecimento e seu corpo agora servirá como aprendizado para alunos da UNIFIPA. “Gostaria de convidar os alunos de todos os cursos da UNIFIPA, funcionários e ex-alunos para participarem dessa celebração que vemos como uma maneira de repor a dignidade desses corpos”, enalteceu a professora.  
Medicina
Publicado em 17/05/2019 por Mauro Assi

LIGA DE DIABETOLOGIA E ENDOCRINOLOGIA REALIZA JORNADA

           A Liga de Endocrinologia e Diabetologia (LED) do curso de Medicina da UNIFIPA realizou no dia 9 de maio a XVIII Jornada de Diabetologia e Endocrinologia (JODEC) no Anfiteatro Padre Albino. As palestras ministradas foram Atualização em Osteoporose, pela Profa. Dra. Luciana Neves Cosenso Martin, da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP); Mudanças de Paradigma no Tratamento de Diabetes Mellitus Tipo 2: Glicemia, Rim e Coração, pelo Prof. Me. Flávio Fontes Pirozz, da União das Faculdades dos Grandes Lagos (UNILAGO), e Insulinoterapia “State of the Art”, pelo Prof. Dr. Carlos Antonio Negrato, revisor periódico e conselheiro editorial de Bauru-SP.               Segundo o presidente discente da Liga de Endocrinologia e Diabetologia, Irael Santana Neto, o objetivo do encontro foi a atualização dos profissionais da área médica sobre as novidades em Osteoporose, Diabetes tipo 2, seus tratamentos e no tratamento baseado na Insulinoterapia.               O evento foi organizado pelo Prof. Me. Marino Cattalini, Profa. Dra. Eliana Gabas Stuchi Perez, Dr. Marcos Antônio Lopes e Irael Santana Neto, presidente da LED, e direcionado para alunos, profissionais de medicina e área de saúde.  
Medicina
Publicado em 15/05/2019 por Mauro Assi

FUNDAÇÃO PADRE ALBINO RECEBE PROFISSIONAIS DA SAÚDE DO CANADÁ

No dia 13 de maio, a Fundação Padre Albino recebeu profissionais da área da saúde do Canadá que estão visitando hospitais e instituições de ensino da área na região, em intercâmbio de conhecimento para troca de experiências profissionais chamado Vocacional Training Team. O grupo visitou o Hospital Padre Albino, Hospital Emílio Carlos, Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva e o Centro Universitário Padre Albino, onde foram guiados por profissionais de cada unidade. Formado por farmacêutica, Jennifer Schoenhals, pediatra, Thomas R. Gerbasi, enfermeira, Claire Harkness, e médica de família especialista em emergência Anna Marie Wysynski, o grupo, que pertence ao Rotary Internacional Distrito 7090, esteve acompanhado dos governadores assistentes do Rotary Internacional Distrito 4480, Valentim Dias e Geovana de Cássia Ronche Dias. A visita contou com a participação do indiano Adhit Naer, que está em intercâmbio escolar em Catanduva, e do funcionário da FPA Carlos Ernani Sangiorgi, que colaboraram como interpretes.  O grupo, que já esteve em Jaú, visitará também as cidades de São José do Rio Preto, Barretos, Fernandópolis, Votuporanga e Santa Fé do Sul.
Fundação Padre Albino
Publicado em 14/05/2019 por Marcella Milani

MEDICINA DA UNIFIPA RECEBE NOTA 4 NA AVALIAÇÃO DO MEC

            O curso de Medicina do Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) recebeu nota 4 na avaliação institucional externa do INEP-MEC (a nota máxima é 5) de renovação de reconhecimento. Dentre os critérios de avaliação foram analisadas a organização didático-pedagógica (nota 4,06); corpo docente (nota 4,39) e a infraestrutura (nota 4,19).               A Comissão enviada pelo MEC, formada pelo Prof. Dr. Carlos Henrique Vianna de Andrade, da Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS) e da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS) e pelo Prof. Dr. Ricardo Fernandez Perez, professor Titular da Universidade Federal do Paraná, foi recebida na instituição no dia 25 abril, encerrando o trabalho no dia 26.               “A nota 4 nesta avaliação demonstra o trabalho e consistência desenvolvidos ao longo dos anos. Nossa expectativa é trabalhar para chegarmos na nota 5. De qualquer modo, estamos muito felizes. Nossa instituição está de parabéns! Gestores, funcionários, docentes, alunos  e todos que contribuem para que este resultado tenha sido tão positivo. Agradecemos a Fundação pelo suporte, apoio e dedicação que nos dá  até os dias atuais”, destacou o pró-reitor acadêmico e de graduação, Prof. Dr. Antonio Carlos de Araujo.               Para o coordenador do curso de Medicina, Prof. Dr. Jorge Luís Valiatti, a conquista positiva é resultado do trabalho desenvolvido nestes 50 anos de existência do curso. “Uma instituição de ensino que conta com dois hospitais universitários próprios e é referência no Estado de São Paulo em média e alta complexidade faz toda a diferença. Não é um presente no nosso cinquentenário; é uma conquista com muitos anos e pessoas envolvidas. As avaliações são contínuas e a dedicação de todos é fundamental. Deste coordenador sempre esperem portas abertas para evoluirmos. Comemorem, mas não se dorme em berço esplêndido, até porque melhorias são processos e estes nunca se encerram. Chegar ao cinquentenário com o reconhecimento do SAEME (Sistema de Acreditação de Escolas Médicas) e o crivo do MEC nos enche de orgulho. Além da  Medicina, todos os cursos da UNIFIPA são marcados pela busca da excelência", frisou o coordenador.               O reitor Dr. Nelson Jimenes enviou congratulações a todos os que se dedicaram à avaliação do curso de Medicina. “Peço que multipliquem esses cumprimentos e agradecimentos aos docentes, auxiliares de ensino, colaboradores e toda a comunidade acadêmica”, disse na nota.    
Medicina
Publicado em 09/05/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA ADQUIRE MODERNO EQUIPAMENTO EM ANÁLISE DE EXPRESSÃO GÊNICA

  O Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA adquiriu importante e moderno equipamento em análise de expressão gênica, destinado ao Laboratório Multidisciplinar I. O investimento da instituição na área de pesquisa beneficiará diretamente os cursos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia e Medicina. A instalação completa do aparelho foi finalizada no último dia 06 de maio.   Segundo a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UNIFIPA, Profa. Dra. Ana Paula Girol, a aquisição do equipamento é vista como um marco para a instituição. “O AriaMx Real-Time PCR em tempo real tem elevada sensibilidade e especificidade, o que possibilita a análise comparativa de expressão de gene, eliminando o viés da técnica semiquantitativa. Através de dados adquiridos por esta tecnologia será possível a construção de um banco de dados que favorecerá os pesquisadores, o que permitirá mapeamento dos genes mais prevalentes de algumas doenças na população, fomentando pesquisas na busca por tratamento mais específico e com maior chance de cura”, explica.   Ainda de acordo com a Profa. Ana Paula, o equipamento tem sistema totalmente integrado para amplificação, detecção e análise de dados, combinando a um novo termociclador, sistema óptico avançado com fonte de excitação LED e um software de análise de dados abrangente. A reação de amplificação em tempo real, uma variante da reação de PCR convencional, representa grande avanço nos métodos moleculares de auxílio diagnóstico, por facilitar sobremaneira as tarefas de quantificação da expressão gênica em determinado tecido ou amostra biológica.   “Um exemplo muito bem conhecido é o da leucemia mielóide crônica (LMC), que apresenta de maneira constitutivamente elevada a expressão do transcrito BCR-ABL. Esse gene quimérico, produto da fusão dos genes BCR e ABL, pode não apenas ser detectado, firmando o diagnóstico da doença mieloproliferativa, bem como ter seu nível de expressão aferido ao longo de determinada intervenção terapêutica. O método utiliza sistema fluorescente em plataforma capaz de detectar a luz oriunda da reação de amplificação”, conclui Ana Paula.
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 08/05/2019 por Juliano Spósito

ALUNOS DE MEDICINA PARTICIPAM DE CONGRESSO SOBRE EDUCAÇÃO MÉDICA

           Alunos do 3º e 6º anos do curso de Medicina da UNIFIPA participaram do 1º Congresso Caipira de Educação Médica, de 25 a 27 de abril, em Rio Preto. Os alunos concorreram com mais de 20 trabalhos apresentados e expostos nos dois dias de congresso.               As alunas do 3º ano Thais Babetto Pastana, Paula Craice, Lígia Gattás, Giovanna Latorraca, Yasmin Stein, Maria Júlia Parizati e Bianca Braga apresentaram dois trabalhos. O primeiro sobre o “Impacto da Mentoria na formação dos estudantes da UNIFIPA/FAMECA”, orientado pela Profa. Adriana Pagan Tonon, e o segundo, a “Plataforma Moodle e a otimização do aprendizado de um curso de Medicina”, pelo Prof. Dr. Ricardo Alessandro Teixeira Gonsaga.               O outro grupo do 3º ano, formado pelos alunos João Paulo Venturini Florêncio de Athayde, João Lucas Furtado Fontes, Leonardo Jacomini Marra e Sérgio Keiti Ozima Filho apresentaram “A rotatividade de grupos e o desenvolvimento de Liderança”, orientado pelo Prof. Dr. Ricardo Alessandro Teixeira Gonsaga.               Já os alunos do 6º ano Marcela Lusia de Sousa Ervolino, Gabriel de Carvalho Adami e Luiz Augusto Nacarato Júnior falaram sobre "Mentoria na Medicina: um relato de experiência como Mentor Júnior”, orientado pela Profa. Adriana Pagan Tonon.                “Foi muito importante para os alunos terem vivenciado toda essa experiência em elaborar projeto, escrever e apresentar em congresso durante o curso de Medicina”, disse a Profa. Adriana Tonon, exaltando a participação dos discentes.   Sobre o Congresso               O Congresso Caipira de Educação Médica é um evento descentralizado, com múltiplas atividades simultâneas, que visa discutir e estimular o crescimento das boas práticas de ensino nas escolas médicas.  
Medicina
Publicado em 29/04/2019 por Mauro Assi

CURSO DE PNEUMOLOGIA E IMAGEM REUNIU MAIS DE 50 PESSOAS NO ANFITEATRO PADRE ALBINO

            As Ligas de Pneumologia e Terapia Intensiva e de Radiologia do curso de Medicina da UNIFIPA reuniram mais de 50 pessoas no Curso de Pneumologia e Imagem no Anfiteatro Padre Albino nos dias 23 e 24 de abril. Durante o curso foi abordado como a Pneumologia e a Radiologia convergem no tratamento de doenças. Segundo o presidente da Liga de Pneumologia e Terapia Intensiva, Márcio Henrique Pierobon Martins, este tipo de atividade “melhora a capacidade do profissional na interpretação correta de exames de imagem”.               No dia 23, o Dr. Victor Feitoza Rocha, Residente da Radiologia, falou sobre Introdução à radiografia de tórax; o Dr. Marcelo Ceneviva Macchione, docente de Pneumologia, abordou as Neoplasias pulmonares e o tema do Dr. Gustavo Pimenta de Figueiredo Dias, Residente da Radiologia, foi as Pneumonias.               Encerrando o curso, no dia 24 o Dr. Paulo Togni Filho, docente de Radiologia, falou sobre FAST e Imagem na urgência e o Dr. Marcelo Maia, Residente da Radiologia, sobre Tuberculose e DPOC.  
Medicina
Publicado em 26/04/2019 por Mauro Assi

ALUNOS RECEBEM DICAS DE COMPORTAMENTO NAS REDES SOCIAIS

                 No dia 25 de abril, os alunos do 6º ano do curso de Medicina da UNIFIPA assistiram a palestra “Cinco dicas de como se tornar um médico”, ministrada pelo publicitário Thiago Martins. A atividade oferecida aos alunos faz parte do programa do Grupo Reflexivo, da psicóloga Adriana Pagan Tonon.               Durante a palestra, os alunos foram orientados, como futuros médicos, como devem se posicionar e se comunicar nas mídias sociais. “Comunicação, presença, estar nas redes sociais, responder a todos e resultado em longo prazo são assuntos importantes para o comportamento numa rede social”, explicou Martins.  
Medicina
Publicado em 26/04/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA RECEBE COMISSÃO DO MEC PARA AVALIAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA

             O Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) recebeu na manhã deste dia 25 de abril a Comissão instituída pelo INEP-MEC para avaliação institucional externa do curso de Medicina.             A Comissão formada pelo Prof. Dr. Carlos Henrique Vianna de Andrade, professor da Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS) e da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS), e pelo Prof. Dr. Ricardo Fernandez Perez, professor Titular da Universidade Federal do Paraná, se apresentou à Mantenedora, sendo recebida pelo vice-presidente da Diretoria Administrativa, Luiz Marcos Garcia; reitor da UNIFIPA, Dr. Nelson Jimenes; pró-reitor Acadêmico e de Graduação, Prof. Dr. Antonio Carlos de Araujo; Coordenadora do Instituto de Ciências da Saúde, Profª Drª Terezinha Soares Biscegli; Coordenador do curso de Medicina, Prof. Dr. Jorge Luís dos Santos Valiatti; Prof. Dr. Ayder Anselmo Gomes Vivi, coordenador da Área Clínica, e Prof. Me. Ricardo Alessandro Teixeira Gonsaga, coordenador do Internato.             Os dirigentes deram as boas-vindas à Comissão e falaram sobre a Fundação e a UNIFIPA. A Comissão fica em Catanduva até esta sexta-feira, 26.   A Comissão             Carlos Henrique Vianna de Andrade possui graduação em Medicina pela Fundação Educacional Lucas Machado (1973), mestrado em Medicina (Cardiologia) pela Universidade Federal de São Paulo (1982) e doutorado em Medicina (Cardiologia) pela Universidade Federal de São Paulo (1985). Atualmente é professor da Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS) e da Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS) lecionando Cardiologia e História da Medicina nas duas universidades. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cardiologia, História da Medicina e exame clínico do coração. Tem livros publicados de Exame Clínico do Coração e História da Medicina e capítulos de livros sobre história da Bioética, Hipertensão arterial e Doença de Chagas. É coordenador da Residência Médica em Cardiologia do Hospital das Clínicas da UNIVÁS. É avaliador ad hoc do INEP-MEC.             Ricardo Fernandez Perez possui graduação em Medicina/Universidad de La Republica (1991), mestrado em Ciências (Fisiologia Humana) pela Universidade de São Paulo (1994) e doutorado em Ciências (Fisiologia Humana) pela Universidade de São Paulo (1997). Estágio de pós-doutorado de um ano na Yale University Medical School (USA), na área de Fisiologia Renal. Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Fisiologia, com ênfase em Fisiologia Renal, atuando principalmente nos seguintes temas: secreção de prótons em epitélio renal: mecanismos e regulação; efeito da suplementação com óleo de peixe na função renal; avaliação de estado de hidratação e performance em árbitros de futebol. Já foi coordenador do programa de pós-graduação em Fisiologia da UFPR (2010-2014) e do programa em Biologia Celular e Molecular da mesma instituição (2006-2008). Tem atuado como representante da categoria dos professores associados junto aos Conselhos Superiores da UFPR e atualmente é representante do Setor de Ciências Biológicas junto a estes mesmos Conselhos. Desde 2007 é avaliador do sistema BASIS, vinculado ao INEP, participando de comissões de avaliação de cursos de Medicina.   Medicina             A Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) nasceu dos ideais de Padre Albino. Preocupado com a promoção social, com a melhoria da condição de vida dos necessitados, especialmente dos doentes, conquistou o apoio da comunidade para a construção da Santa Casa de Misericórdia de Catanduva, em 1920, hoje denominada Hospital Padre Albino. Mais tarde, direcionando atenção à formação escolar do jovem da cidade e região, empenhou-se no processo de instalação de escolas, surgindo, aí, a Fundação Padre Albino, em 1968, a partir da transformação da Associação Beneficente de Catanduva em Fundação Padre Albino, mantenedora das faculdades.             Neste mesmo ano, grupo de pró-homens da comunidade, liderados por Padre Albino, iniciou os procedimentos para a criação da Faculdade de Medicina de Catanduva. Em 06 de junho de 1.969, o Conselho Federal de Educação (CFE) autorizou o funcionamento da faculdade e a primeira turma foi iniciada em 1970. No dia 01 de outubro de 1.974, antes mesmo de formar a sua primeira turma, a Faculdade de Medicina de Catanduva obteve seu reconhecimento oficial através do Decreto Federal n0. 74.630. Neste ano de 2019 o curso de Medicina da UNIFIPA completa 50 anos.
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 25/04/2019 por Mauro Assi

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROMOVE PRIMEIRO ENCONTRO DO CURSO DE TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

         No dia 17 de abril, a Pró-Reitoria de Educação a Distância (PROEAD) do Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) promoveu o primeiro encontro presencial do curso Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) aplicadas ao Ensino Superior para 26 docentes da instituição. Na abertura, a Profa. Dra. Maria Rita Braga, Pró-Reitora de Educação a Distância, falou sobre a importância da aplicação de tecnologias de informação e comunicação como recurso educacional.               Após a apresentação do vídeo institucional da PROEAD, a Profa. Ma. Márcia Helena Magati Antonioli fez uma dinâmica de integração com os docentes. Na sequência, o Prof. Me. José Claudinei Cordeiro falou sobre os primeiros passos para a utilização do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e sobre o Moodle, ferramenta do tipo Learning Management Systems (LMS), Sistemas de Gestão de Aprendizagem baseado em ambientes virtuais.               Os docentes participantes realizarão atividades práticas de utilização do AVA Moodle-UNIFIPA no decorrer de todo o curso. O próximo encontro presencial está previsto para o dia 25 de maio.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 24/04/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA ADQUIRE MODERNO MICROSCÓPIO PARA PESQUISA

  O Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA adquiriu moderno microscópio biológico invertido destinado ao Laboratório de Cultura de Células. O investimento beneficiará os cursos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia e Medicina no desenvolvimento de estudos, trabalhos e pesquisas científicas, além da ampliação e modernização da infraestrutura acadêmica.   De acordo com a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UNIFIPA, Profa. Dra. Ana Paula Girol, o novo aparelho será fundamental no atendimento à pesquisa institucional. “Através do microscópio, será possível realizar diversas pesquisas com culturas de células, além da observação da viabilidade e proliferação celular. Os trabalhos com culturas de células auxiliam em testes de novos medicamentos para diferentes condições clínicas, como processos inflamatórios e tumorais”, explica.   O microscópio modelo ‘INV 100 – PH’ foi criado para análises de biologia e microbiologia em sistema de óptica plana cromática com correção ao infinito. Sua estrutura totalmente estável, objetivas com contraste de fase, tubo trinocular e platina de grande tamanho é ideal para utilização em análises de células vivas e tecidos. 
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 24/04/2019 por Juliano Spósito

ALUNOS DO CURSO DE MEDICINA PARTICIPAM DE CONGRESSO SOBRE EDUCAÇÃO MÉDICA

            Alunos do 3º e 6º anos do curso de Medicina da UNIFIPA vão participar do 1º Congresso Caipira de Educação Médica, de 25 a 27 de abril, em São José do Rio Preto. O tema escolhido por eles foi o Programa de Mentoria,  implantado no início deste ano no curso.               As alunas do 3º ano Thais Babetto Pastana, Paula Craice, Lígia Gattás, Giovanna Latorraca, Yasmin Stein, Maria Júlia Parizati e Bianca Braga falarão sobre o impacto da Mentoria na formação dos estudantes da UNIFIPA/FAMECA. “Por ser um congresso de educação na área médica decidimos pelo Programa de Mentoria, um projeto novo que estamos adorando. Fizemos isso para mostrar que o nosso curso está sendo bem amplo na metodologia ativa. Nos surpreendeu muito”, contou a aluna Thais Babetto Pastana.                Já Marcela Lusia de Sousa Ervolino, Gabriel de Carvalho Adami e Luiz Augusto Nacarato Júnior, do 6º ano, irão falar sobre Mentoria na Medicina: um relato de experiência como Mentor Júnior. “O que nos interessou nisso é que o Programa de Mentoria não é novo apenas aqui no nosso curso, mas novo também na Medicina. Porque isso não agrega apenas para quem recebe a mentoria, mas para compartilhar nossa experiência como aluno sexto ano. Depois que o programa começou vimos que ele ajuda aos alunos, tem sido importante, porque trata de assuntos que você não vê normalmente na graduação. O programa de mentoria agrega não só na nossa formação acadêmica, mas também como médico profissional”, disse a mentora  Marcela Lusia de Sousa Ervolino.   Sobre o Congresso             O Congresso Caipira de Educação Médica é um evento descentralizado, com múltiplas atividades simultâneas, que visa discutir e estimular o crescimento das boas práticas de ensino nas escolas médicas.  
Medicina
Publicado em 24/04/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA INICIA SEU PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO

                                           Centro Universitário é aceito como membro da FAUBAI em conferência no Pará   O Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) foi aceito como membro da Brazilian Association for International Education (FAUBAI) durante a conferência Global Community Engagement, em Belém-PA, que termina neste dia 17 abril. A FAUBAI é uma associação que promove o processo de internacionalização das Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras.               Segundo a coordenadora do Núcleo de Internacionalização da UNIFIPA, Profa. Dra. Giovana Ap. Gonçalves Vidotti, a UNIFIPA agora faz parte desse seleto grupo de 250 associados da FAUBAI. “Essa conquista faz a internacionalização da UNIFIPA acontecer e assim podemos divulgar nossas potencialidades em ensino, pesquisa e extensão. É um grande passo para nosso Centro Universitário, colocando-o entre as instituições de ensino superior capazes de receber e enviar alunos de graduação e pós-graduação, promovendo intercâmbio cultural, social e tecnológico. Duas universidades já mostram interesse em fazer parceria conosco, Coimbra e Setúbal, de Portugal”, comemorou a docente.               A Profa. Giovana informou, ainda, que na conferência oito universidades postularam para serem membros da FAUBAI, sendo aceitas somente a UNIFIPA e a Universidade Federal de Alfenas.   Sobre a FAUBAI               A FAUBAI, criada em 1988, reúne mais de 180 gestores ou responsáveis por assuntos internacionais e promove a integração e a capacitação dos gestores da área. Sua finalidade é  promover o aperfeiçoamento do intercâmbio e da cooperação internacionais como instrumentos para a melhoria do ensino, da pesquisa, da extensão e da administração das instituições filiadas, procurando estimular o constante aperfeiçoamento da gestão do intercâmbio e da cooperação internacionais.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 16/04/2019 por Mauro Assi

ONCOGERIATRIA É TEMA DA II JORNADA DE ONCOLOGIA E CLÍNICA MÉDICA

               No dia 11 de abril, a Liga de Oncologia do curso de Medicina da UNIFIPA realizou a II Jornada de Oncologia e Clínica Médica no Anfiteatro Padre Albino, cujo tema foi a Oncogeriatria, especialidade médica voltada para o tratamento de idosos com câncer. A jornada teve como parceiras a Liga de Cuidados Paliativos e a Liga de Clínica Médica.               As palestras foram ministradas pelo geriatra Dr. Eduardo Marques da Silva e pela oncologista clínica Dra. Renata Barbosa. Segundo o presidente da Liga de Oncologia, o discente Lucca da Costa Mega, o intuito da Liga é aumentar os conhecimentos dos acadêmicos sobre o tratamento oncológico, principalmente devido à instalação do Hospital de Câncer de Catanduva (HCC). “Sendo assim, em breve também serão realizados Curso de Quimioterapia e Jornada de Oncopediatria, além de diversas campanhas voltadas para a comunidade”, ressaltou o acadêmico.    
Medicina
Publicado em 13/04/2019 por Mauro Assi

LIGAS DA MEDICINA REALIZAM CURSO DE PNEUMOLOGIA E IMAGEM

               As Ligas de Pneumologia e Terapia Intensiva e de Radiologia do curso de Medicina da UNIFIPA realizam, nos dias 23 e 24 de abril, o Curso de Pneumologia e Imagem, a partir das 19 horas, no Anfiteatro Padre Albino. As inscrições devem ser feitas através do link https://www.eventbrite.com.br/e/curso-intensivo-de-imagem-em-pneumologia-tickets-59948315024 e são oferecidas 180 vagas.             No dia 23, o Dr. Victor Feitoza Rocha, Residente da Radiologia, falará sobre Introdução à radiografia de tórax; o Dr. Marcelo Ceneviva Macchione, docente da Pneumologia, abordará as Neoplasias pulmonares e o tema do Dr. Gustavo Pimenta de Figueiredo Dias, Residente da Radiologia, será Pneumonias.             Encerrando o curso, no dia 24, o Dr. Paulo Togni Filho, docente da Radiologia, falará sobre FAST e Imagem na urgência e o Dr. Marcelo Maia, Residente da Radiologia, sobre Tuberculose e DPOC.             O Anfiteatro Padre Albino fica na Rua 13 de Maio, 1064, centro, em Catanduva.    
Medicina
Publicado em 12/04/2019 por Mauro Assi

"JUNTOS PELA SAÚDE" REUNIU POPULAÇÃO DE CATANDUVA NA LUTA CONTRA O CÂNCER

            No dia 06 de abril, o Hospital de Câncer de Catanduva/HCC promoveu, em parceria com os hospitais Padre Albino e Emílio Carlos, com o curso de Medicina da UNIFIPA e a Prefeitura de Catanduva, o evento “Juntos pela saúde. Unidos contra o câncer” na Praça do Relógio, na Rua XV de Novembro, no Conjunto Euclides, em Catanduva.               Várias pessoas passaram pela praça, onde foram realizadas ações gratuitas em benefício da saúde, como cadastro de medula óssea, aferição de pressão arterial, teste de glicemia capilar, avaliação e orientação nutricional, avaliação bucal, orientações de combate à dengue, testes rápidos de Hepatite B e C, HIV e sífilis, entrega de folhetos informativos, atividades de dinâmica corporal e dança e venda de camisetas do HCC. A Liga de Medicina da Família e Comunidade e a Liga de Cirurgia Vascular e Angiologia aferiram a pressão arterial.               O presidente da Liga de Medicina de Família e Comunidade, Victor Nogueira de Almeida dos Santos, disse que eventos como esses servem de alerta para a população, lembrando que a prevenção é a saída para evitar problemas futuros com a saúde.  
Fundação Padre AlbinoHospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 09/04/2019 por Juliano Spósito

ALUNOS DE MEDICINA REALIZAM ATIVIDADE EM ESCOLA MUNICIPAL

            Os alunos do 1º, 2º e 3º anos do curso de Medicina que pertencem às Ligas de Pediatria e Infectologia e o comitê local da International Federation of Medical Students Associations of Brazil (IFMSA) do Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) realizaram no dia 4 de abril campanha sobre verminose com os alunos do 5º e 6º anos da Escola Municipal de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EMEIF) Arnaldo Zancaner. A campanha foi realizada pelos docentes Prof. Dr. Ricardo Santaella e Prof. Dr. Manzélio Cavazzana Jr.               O Prof. Dr. Ricardo Santaella realizou capacitação com os acadêmicos de Medicina sobre as principais verminoses que acometem crianças: teníase, enterobiose e ascaridíase. As alunas do segundo ano Beatriz Camargo Castro e Layra Rayanne de Oliveira Ferraz Santos, organizadoras da campanha, explicaram que com cartazes, que ilustraram os ciclos das doenças, brincadeiras e dinâmica do glitter com passa anel explicaram como são causadas as verminoses.               “A lavagem das mãos sempre é a melhor prevenção contra as verminoses. Por isso, a campanha se mostra de extrema relevância na sociedade, principalmente entre crianças”, frisou Layra Rayanne.
Centro Universitário Padre AlbinoMedicina
Publicado em 08/04/2019 por Juliano Spósito

ALUNOS DO COLEGIÃO VISITAM AS INSTALAÇÕES DA UNIFIPA

        Os alunos cursinho pré-vestibular para Medicina do Colégio Nossa Senhora do Calvário (Colegião) visitaram no dia 1º de abril as instalações do Câmpus Sede do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA. Acompanhados pelos professores doutores Manzélio Cavazzana Jr. e Daniel Henrique Gonçalves, a visita foi parte do Projeto Meu Dia de Biomédico, cujo objetivo é apresentar o curso de Biomedicina.               Durante a visita, os alunos passaram pelos laboratórios didáticos, sala de aula e Biotério e em seguida assistiram a aula prática sobre doenças tropicais, como Malária, Doença de Chagas e Leishmaniose. “A atividade é oferecida às escolas com turmas de cursinho e Ensino Médio visando principalmente àqueles que ainda não se decidiram pela futura profissão ou onde cursar”, explicaram os professores Manzélio e Daniel. Também participaram da visita alunos do 1º ano do Ensino Médio, que conheceram o Biotério e os laboratórios de Patologia e Anatomia.             As escolas interessadas na visita devem fazer contato pelos fones 3311-3364 (Silene) ou 3311-3340 (Profª Ana Paula).    
Centro Universitário Padre AlbinoBiomedicina
Publicado em 05/04/2019 por Juliano Spósito

MÉDICA MENTORA DESTACA A IMPORTÂNCIA DO CRESCIMENTO PROFISSIONAL PROPORCIONADO PELO PROGRAMA DE MENTORIA

            O curso de Medicina da FAMECA/UNIFIPA iniciou em fevereiro o Programa de Mentoria de 2019 para os alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries. São 18 Mentores médicos, 25 Mentores alunos, totalizando 25 grupos de 12 a 15  alunos cada. As turmas iniciaram as atividades nos dias 19 e 26 de fevereiro e serão realizados oito encontros em 2019 para cada turma.                A médica mentora Sandra Regina Miyoshi Lopes disse que estes encontros servem como aprendizados, até mesmo para os mentores, que poderão compartilhar e aprender novas experiências. “Será um aprendizado para eles e também para mim, é claro! Acredito que devamos sempre estar procurando nos aperfeiçoar como pessoas e como profissionais. E para isso há vários caminhos. Vamos tentar trilhar todos os possíveis”, afirmou.
Centro Universitário Padre AlbinoMedicina
Publicado em 05/04/2019 por Juliano Spósito

UNIFIPA PRORROGA INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS DE NIVELAMENTO ACADÊMICO EM EAD

          A Pró-Reitoria de Educação a Distância (EaD) do Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) prorrogou as inscrições para os cursos de nivelamento acadêmico em EaD. As inscrições seguem até o dia 25 de abril e poderão ser feitas na Secretaria Geral, do Câmpus Sede, na Rua dos Estudantes, 225, e na Secretaria do Câmpus São Francisco, na Rua Seminário, 281.               A UNIFIPA oferece três cursos na modalidade semipresencial: Língua Portuguesa, Matemática e Tecnologia da Informação e Comunicação. Os cursos contarão com encontros presenciais e atividades no Ambiente Virtual de Aprendizagem - AVA/EaD - UNIFIPA , com carga horária de 30 horas, direcionada a todos os alunos da UNIFIPA.               O curso de Língua Portuguesa será ministrado pela Profa Ma Eunice Alonso; o de Matemática pelo Prof. Me. Nilson Mozas Olivares e o de Tecnologia da Informação e Comunicação pelo Prof. Me. José Claudinei Cordeiro.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 05/04/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA OFERECE CURSOS DE NIVELAMENTO ACADÊMICO EM EAD

    A Pró-Reitoria de Educação a Distância (EaD) da UNIFIPA está oferecendo cursos de nivelamento acadêmico em EaD. São três cursos na modalidade semipresencial: Língua Portuguesa, Matemática e Tecnologia da Informação e Comunicação.               Os cursos contarão com encontros presenciais e atividades no Ambiente Virtual de Aprendizagem - AVA/EaD - UNIFIPA , com carga horária de 30 horas, direcionados a todos os alunos da UNIFIPA. A aula inaugural presencial será no dia 30 de março, às 8h30, no laboratório de Informática III do Câmpus Sede.        O curso de Língua Portuguesa será ministrado pela Profª M.a Eunice Alonso; o de Matemática pelo Prof. M.e Nilson Mozas Olivares e o de Tecnologia da Informação e Comunicação pelo Prof. M.e José Claudinei Cordeiro.               As inscrições terminam no dia 28 de março e poderão ser feitas na secretaria geral do Câmpus Sede, na Rua dos Estudantes, 225, e na secretaria do Câmpus São Francisco, na Rua Seminário, 281.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 26/03/2019 por Mauro Assi

INSTALADA MISSÃO EM PORTUGAL PARA DIVULGAR PADRE ALBINO

             Como bem resumiu o título da “Palavra do Presidente” da edição de fevereiro último deste jornal, Padre Albino realmente começa a voltar para Portugal.             No período de preparação do processo de beatificação de Padre Albino para envio ao Vaticano, o Vice-Postulador da Causa, Pe. José Luiz Cassimiro, e o então Bispo da Diocese de Catanduva, Dom Otacílio Luziano da Silva, foram a Portugal em busca de documentos na Arquidiocese de Braga. O Arcebispo Dom Jorge Ferreira da Costa Ortiga solicitou a instalação de uma missão na região para promover a história, vida e missão de Padre Albino, uma vez que ele não é conhecido em sua terra de origem. Após contatos com a Fundação Padre Albino, a Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, administrada pelo Frei Francisco - Padre Nélio Joel Angeli Belotti, foi convidada a gerir a missão.             Depois de um tempo de estudos e preparação, no dia 04 de fevereiro último a Fraternidade instalou-se em Braga com os primeiros missionários, Frei Jacó Silva, guardião, e Frei Marcos Mendes, ambos religiosos de votos solenes, acolhidos pelo Arcebispo de Braga e tendo como residência o Convento Franciscano de Montariol, hospedagem concedida pela Ordem dos Frades Menores da Província de Portugal.             De acordo com Frei Nelinho, o objetivo da Missão em Portugal é a evangelização, promover a vida e missão de Padre Albino, iniciar a instalação de uma obra na área da saúde para a população carente, acolher os brasileiros que necessitarem de apoio e montar um Memorial dedicado a Padre Albino. “O objetivo é percorrer todas as paróquias e comunidades da Arquidiocese de Braga falando de Padre Albino e distribuindo material de evangelização e dar assistência espiritual aos brasileiros”, explicou Frei Nelinho. As primeiras visitas foram em Celorico de Basto, terra natal de Padre Albino, nas Freguesias de Fervença, Agilde, Moreira do Castelo e Codeçoso, esta última onde ele nasceu.             Antes da instalação da missão em Portugal foram realizadas no Brasil, em Araçatuba, Jaci, na Sede do Lar São Francisco, em Catanduva e no Santuário Nacional de Aparecida, cinco Missas de Envio dos frades. O objetivo das missas, segundo Frei Nelinho, “foi fazer tudo em comunhão com a Igreja, dar oportunidade para as pessoas conhecerem as novas missões da Fraternidade e da Igreja, inserir os colaboradores que compartilham nosso carisma na realidade missionária e também ser um grande despertar vocacional para os nossos jovens”.             Frei Nelinho também explicou o motivo da celebração das missas nas cinco cidades. Araçatuba, terra natal de Frei Jacó, onde nasceu a vocação do missionário; Jaci, cidade que abriga a origem da Fraternidade; sede do Lar São Francisco, onde estão as pessoas que dão toda estrutura para as obras e missões da Fraternidade e Associação Lar São Francisco na Providência de Deus; Catanduva, terra de Padre Albino, sede da Fundação, e Aparecida, com a bênção solene da Padroeira do Brasil e onde a Fraternidade tem a Santa Casa de Misericórdia.             A Fundação Padre Albino forneceu material gráfico para o início da divulgação, assim como duas peças de roupa de Padre Albino para o Memorial, doadas pela Irmã Anália Nunes.      
Fundação Padre Albino
Publicado em 22/03/2019 por Mauro Assi

HOSPITAIS REALIZAM WORKSHOPS COM OS NOVOS MÉDICOS RESIDENTES

                  No dia 22 de março, os hospitais Padre Albino e Emílio Carlos realizaram, no Anfiteatro Padre Albino, workshops com os novos Médicos Residentes da UNIFIPA.             Cerca de 80 Residentes participaram da dinâmica de integração, com workshops de Tecnologia da Informação (T.I), Comunicação, Alta Responsável, Farmácia, Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Qualidade e Segurança, Agência Transfusional, Ouvidoria e Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), Diretoria Técnica e Departamento Jurídico.    
Centro Universitário Padre AlbinoMedicina
Publicado em 22/03/2019 por Mauro Assi

ALUNOS ARRECADAM MAIS DE 8 MIL ITENS EM TROTE SOLIDÁRIO

           O Grupo de Ajuda Comunitária (GAC) do curso de Medicina da FAMECA/UNIFIPA arrecadou mais de 8 mil itens, entre eles, alimentos, roupas, produtos de limpeza e higiene pessoal no Trote Solidário realizado no dia 16 de março. Os alunos do 1º e 2º anos percorreram 21 bairros da cidade pedindo as doações.               Foram arrecadados arroz (65); feijão (96); açúcar (168); enlatados (167); alimentos não perecíveis (111); macarrão (567); molho de tomate (136); produtos de limpeza (79); detergente (53); higiene pessoal (256); farinha de trigo (114); fubá (72); farinha de mandioca, aveia, maisena e farofa (12); livros e revistas (80); brinquedo (97); leite (165); cestas básicas completas (3); roupas femininas, masculinas e infantis (6.282); óleo (161); café (35) e sal (165). Os litros de leite arrecadados foram doados para os moradores do Asilo da Vila São Vicente de Paulo. No período da tarde os alunos fizeram cachorros-quentes e doaram para as crianças do bairro Gabriel Hernandes.               Segundo a presidente do GAC, Ana Laura Pallone Buzzini, o trote superou as expectativas e a participação da comunidade, aliada a dos alunos, foi essencial para que ele fosse um sucesso. “Mais de 8 mil itens foram arrecadados e montadas mais de 60 cestas básicas que serão distribuídas para as famílias e grupos mais necessitados. Só temos a agradecer a todos que colaboraram, quer seja na divulgação, arrecadação ou doação”, ressaltou a acadêmica.  
Medicina
Publicado em 21/03/2019 por Mauro Assi

ALUNOS DO 5º ANO TERÃO PALESTRA SOBRE ATENDIMENTO À POPULAÇÃO LGBT

           Os alunos do 5º ano de Medicina da UNIFIPA, em ação do Grupo Reflexivo, assistirão palestra sobre o atendimento inclusivo através da Política Nacional de Saúde Integral à população LGBT. A palestra será ministrada no dia 28 de março próximo, no Câmpus Sede, pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP) da Fundação Padre Albino (FPA).               De acordo com a Profª Esp. Adriana Pagan Tonon, psicóloga do Grupo Reflexivo, é preciso preparar os alunos do 5º ano, que estão no Internato, para este tipo de atendimento e para a maneira certa de fazer a abordagem inclusiva para a população LGBT.  
Medicina
Publicado em 21/03/2019 por Mauro Assi

ALUNOS PARTICIPAM DE EVENTO SOBRE O DIA DA SÍNDROME DE DOWN NA APAE

               No dia 19 de março, cerca de 40 alunos dos cursos de Biomedicina, Educação Física – Licenciatura e Bacharelado e Medicina da UNIFIPA participaram de evento alusivo ao Dia Internacional da Síndrome de Down na APAE de Catanduva. O dia é celebrado no dia 21 de março em alusão aos três cromossomos no par número 21, característico das pessoas com Síndrome de Down, através da ideia do geneticista Stylianos E. O slogan da campanha mundial deste ano é "Não deixe ninguém para trás”.               Os alunos de Biomedicina e Medicina realizaram aferição de pressão, medição de peso e altura, aferição glicêmica capilar e reflexos neurológicos. Já os da Educação Física – Licenciatura desenvolveram atividades de recreação com os alunos da APAE.               De acordo com a Profª Drª Nilce Barril, da UNIFIPA, promover a inclusão social é incluir todos os alunos, tanto portadores de Síndrome de Down quanto de outras síndromes. “Este é o décimo segundo ano que a UNIFIPA realiza esta atividade com a APAE. A docente do curso de Educação Física – Licenciatura, Profª M.a Luciana de Souza Cione Basto, frisou a importância da participação dos alunos em eventos como esse. “Participar ajuda na formação profissional dos alunos e na inserção deles no mercado de trabalho”, frisou.  
BiomedicinaEducação Física - LicenciaturaMedicina
Publicado em 21/03/2019 por Mauro Assi

PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIFIPA INICIOU AULAS NO DIA 16

             Duas novas turmas dos cursos de Pós-Graduação da UNIFIPA iniciaram as aulas no dia 16 de março, no Câmpus Sede - uma turma de Educação Física e outra de Biomedicina. Ao todo, 36 novos alunos participaram do primeiro dia de atividade, dividido em dois períodos, das 8h30 às 12 horas e das 14 às 17 horas, com dois coffee break para as duas turmas, promovendo a integração entre os participantes.               As matrículas permanecerão abertas até o final deste mês de março para quem quiser participar dos cursos de Pós-Graduação da UNIFIPA nas áreas de Biomedicina, Educação Física e Administração. Informações poderão ser obtidas pelo telefone 17 3311-4800, atendimento das 8 às 22 horas.
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 20/03/2019 por Mauro Assi

NAP REALIZA CURSO DE LIBRAS PARA FUNCIONÁRIOS DA UNIFIPA

          O Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Cultural (NAP) – Apoio Psicopedagógico realizará o curso de noções básicas da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para os funcionários da UNIFIPA. As inscrições deverão ser feitas na Secretaria da UNIFIPA, com a funcionária Mila, até o dia 22 de março.               As aulas começarão no dia 29 de março, na sala D5, das 14 às 16 horas, totalizando 10 encontros. A Profª Alda Nascimento Batista ressaltou a importância de ter noções básicas de LIBRAS. “Conhecer nossa segunda língua oficial desde 2002 para a comunicação na família, no profissional ou na educação”, disse.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 20/03/2019 por Mauro Assi

HOSPITAIS REALIZAM INTEGRAÇÃO COM OS RESIDENTES DO SEGUNDO ANO

           No dia 14 de março, os hospitais da Fundação Padre Albino (FPA), Padre Albino e Emílio Carlos, realizaram, no Anfiteatro Padre Albino, a integração com os Médicos Residentes do segundo ano da UNIFIPA/FAMECA.        Cerca de 40 Residentes participaram da dinâmica de integração, com workshops de Tecnologia da Informação (T.I), Comunicação, Alta Responsável, Farmácia, Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Qualidade e Segurança, Agência Transfusional, Ouvidoria e Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), Diretoria Técnica e Departamento Jurídico.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 19/03/2019 por Mauro Assi

MENTOR JÚNIOR EXALTA A IMPORTÂNCIA DO PROGRAMA DE MENTORIA DO CURSO DE MEDICINA

            O curso de Medicina da FAMECA/UNIFIPA iniciou em fevereiro o Programa de Mentoria de 2019 para os alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries. São 18 Mentores médicos, 25 Mentores alunos, totalizando 25 grupos de 12 a 15  alunos cada. As turmas iniciaram as atividades nos dias 19 e 26 de fevereiro e serão realizados oito encontros neste ano para cada turma.             O Mentor Júnior Luiz Augusto Nacarato Júnior,  aluno da 6ª série do curso de Medicina, falou sobre o convite e como acha importante essa troca de experiência com os outros discentes e docentes. “No começo da minha graduação passei por algumas dificuldades, enfrentadas por vários iniciantes, relacionadas às formas de estudo, relacionamento com os mestres, montagem de um currículo e coisas ‘simples’, como a organização do tempo durante a fase acadêmica. Agora, ao final do curso, vi no programa um meio pelo qual passo orientá-los, tornando o crescimento na faculdade algo mais leve e fácil”, disse o Mentor.             Os Mentores Juniores são alunos do Internato, parceiros dos Mentores Médicos na realização dos encontros. O atendimento de Mentoria acontece às terças-feiras, com encontros uma vez por mês.  
Medicina
Publicado em 19/03/2019 por Mauro Assi

CURSOS DA UNIFIPA PARTICIPAM DE EVENTO NA APAE SOBRE A SÍNDROME DE DOWN

         Os cursos de Biomedicina, Medicina e Educação Física – Licenciatura do Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) participam, neste dia 19 de março, às 14 horas, na APAE de Catanduva, de evento alusivo ao Dia Internacional da Síndrome de Down. O dia é celebrado no dia 23 de março em alusão aos três cromossomos no par número 21, característico das pessoas com Síndrome de Down, através da ideia do geneticista Stylianos E.               De acordo com a Profª Drª Nilce Barril, da UNIFIPA, promover a inclusão social é incluir todos os alunos, tanto portadores de Síndrome de Down quanto de outras síndromes. “Este é o décimo segundo ano que a UNIFIPA realiza esta atividade com a APAE. O slogan da campanha mundial deste ano é "Não deixe ninguém para trás”, disse Drª Nilce.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 18/03/2019 por Mauro Assi

1ª REUNIÃO REUNIU MAIS DE 100 EGRESSOS DA BIOMEDICINA DA UNIFIPA

              A 1ª Reunião de Egressos do curso da Biomedicina (I REEBIO) da UNIFIPA, que aconteceu nos dias 07 e 08 de março, no Câmpus Sede, reuniu mais de 100 pessoas. O evento foi organizado com apoio do Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Cultural/NAP/UNIFIPA, com participação dos docentes Profª Drª Wanessa Medina e Prof. M.e Igor Braz. Os egressos foram recepcionados com um coffee e na sequência ministraram palestras e deram depoimentos sobre suas atividades em diferentes áreas de atuação  aos alunos das quatro séries do curso de Biomedicina.               “Propiciar aos egressos a manutenção do contato com a IES (Instituição de Ensino Superior) e a apresentação de suas atuações nos diferentes campos da área Biomédica e aos graduandos mostrar histórias de sucesso na carreira e troca de informações com os egressos” foram os objetivos dessa reunião disse a coordenadora do curso de Biomedicina, Profª Drª Ana Paula Girol.  
Biomedicina
Publicado em 13/03/2019 por Mauro Assi

NAP REALIZA ENCONTRO YOGA E O SAGRADO FEMININO

              O Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Cultural/NAP da UNIFIPA, dentro do Projeto de Yoga, realizará o encontro Yoga e o Sagrado Feminino: Busca do Equilíbrio e Qualidade de Vida da Mulher. A atividade acontecerá neste dia 13 de março, às 18 horas, na sala de espelhos do complexo esportivo da UNIFIPA.               A proposta será desenvolvida pela aluna do curso de Medicina da FAMECA/UNIFIPA, Júlia Faria, com a participação da instrutora de Yoga formada pela Humaniversidade de São Paulo, Carla Merighi e pela guardiã de Círculos do Sagrado Feminino e facilitadora de Dança Tribal, Patrícia Piva Ramires Nechar.               A atividade é voltada para todas as mulheres da Fundação Padre Albino (FPA), alunas, egressas, professoras e funcionárias da UNIFIPA. A atividade é gratuita e será necessário trazer frutas para realização de um piquenique frugívoro.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 12/03/2019 por Mauro Assi

PESQUISA DE DOCENTE GANHA RECONHECIMENTO INTERNACIONAL

Após publicação de pesquisa científica sobre glaucoma na maior revista oftalmológica do Brasil, o estudo com ênfase em associação de medicamentos para o tratamento da doença produzido pela Drª Maria Elizabete Jimenes de Campos, docente do curso de Medicina da UNIFIPA, conquistou prestígio internacional. O reconhecimento do resultado veio através da fundadora e presidente da empresa de consultoria médica-científica americana Alpha Biomedical Communications, Karen L. McKeown, PhD. Em e-mail enviado à Drª Elizabete, autora da pesquisa “Uso de drogas antiglaucomatosas em pacientes com glaucoma grave: quantos são necessários para controlar a doença?”, a PhD em Neurociências pela Universidade da Califórnia parabeniza a grande conquista médica alçada pela pesquisa da médica catanduvense. “Seu artigo surgiu durante uma pesquisa bibliográfica sobre distúrbios. São fascinantes os seus achados, sendo que na maioria dos pacientes a pressão intraocular foi controlada com um ou dois colírios associados”. O estudo da Drª Maria Elizabete Jimenes de Campos, desenvolvido no Departamento de Oftalmologia do ambulatório do Hospital Emílio Carlos, em Catanduva, permitiu concluir que, na maioria dos casos, é possível controlar a pressão intraocular com o uso de um, ou no máximo, dois colírios associados. A descoberta contribuiu significativamente à comunidade médica e acadêmica de oftalmologia na aplicação de novas técnicas para o rompimento da perda progressiva da visão em pacientes com glaucoma. Para a docente da UNIFIPA é muito gratificante receber o reconhecimento de uma longa pesquisa por uma especialista renomada dos Estados Unidos. “Tenho um grande número de pacientes com essa doença (glaucoma), o que me dá um grande número de estudos e estatísticas. Estou muito feliz pelo prestígio e reconhecimento da pesquisa, ainda mais por vir de uma renomada pesquisadora, cientista e empresária”, ressaltou a Drª Maria Elizabete Jimenes de Campos. Com 25 anos de atuação como escritora profissional, Karen L. McKeown possui expertise em publicações de periódicos revisados por pares, tendo escrito, co-escrito e editado centenas de manuscritos, que foram publicados em mais de 90 revistas médicas e científicas pelo mundo. Em 1991, fundou na Califórnia uma consultoria em fornecimento de serviços como, redação, edição e pesquisa de literatura para uma variedade de tópicos médicos. Foto: Drª Maria Elizabete Jimenes de Campos.    
Medicina
Publicado em 08/03/2019 por Mauro Assi

HOSPITAIS FAZEM INTEGRAÇÃO COM NOVOS RESIDENTES

          No dia 1º de março, os hospitais da Fundação Padre Albino (FPA) - Padre Albino e Emílio Carlos - realizaram a integração dos novos Médicos Residentes do Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA/FAMECA) no Anfiteatro Padre Albino. Ao todo são oferecidas 76 vagas para o primeiro ano de Residência Médica nas especialidades de Clínica Médica, Cirurgia Básica, Cirurgia Geral, Pediatria, Obstetrícia e Ginecologia, Ortopedia, Anestesiologia, Radiologia, Cirurgia Plástica, Psiquiatria e Medicina de Família e Comunidade. Os novos Residentes são de diversos Estados, como Pará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Tocantins.             Durante a solenidade, o reitor da UNIFIPA, Nelson Jimenes, cumprimentou os novos médicos e desejou boas-vindas. “Neste ano completamos 50 anos do curso de Medicina. Que vocês tenham o mesmo sucesso que a maioria teve ao final deste processo de aprendizado”, disse. O coordenador do curso de Medicina da UNIFIPA/FAMECA, Prof. Dr. Jorge Luís dos Santos Valiatti, desejando boa sorte aos novos residentes ressaltou: “Lembrem-se sempre: o paciente é o mais importante de tudo na Medicina”.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 07/03/2019 por Mauro Assi

GAC DA MEDICINA REALIZA TROTE SOLIDÁRIO NO DIA 16 PRÓXIMO

          O Grupo de Ajuda Comunitária (GAC) do curso de Medicina (FAMECA) UNIFIPA realizará no dia 16 de março, a partir das 9 horas, o Trote Solidário. Os alunos do 1º e 2º anos de medicina arrecadarão alimentos, roupas, produtos de limpeza e outras doações para famílias carentes de Catanduva. A saída dos alunos será do Câmpus Sede da UNIFIPA.             A arrecadação será feita nos bairros Jardim América, Village Damha, Vila Celso Mouad, Parque Iracema, Residencial San Remo, Jardim Augusta, São Francisco, Jardim Bela Vista, Jardim do Bosque, Parque Glória 2, Higienópolis, Vila Motta, Jardim Sales, Parque Residencial Agudo Romão, Vila Santo Antônio, Jardim Belém, Jardim do Lago, Vila Stocco, Vila Guzzo e Parque Residencial Flamingo.             Segundo a presidente do GAC, Ana Laura Pallone Buzzini, a proposta é a integração e eliminação do trote violento, bem como a ajuda às famílias necessitadas. “Após a arrecadação, no período da manhã, a tarde é reservada para a montagem das cestas básicas, que serão entregues nos bairros menos favorecidos da cidade de Catanduva”, disse ela.  
Medicina
Publicado em 07/03/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA REALIZA 1ª REUNIÃO DE EGRESSOS

               O curso de Biomedicina realiza nos dias 07 e 08 de março a 1ª Reunião de Egressos de Biomedicina (REEBIO) da UNIFIPA. O encontro acontecerá no Câmpus Sede, na Rua dos Estudantes, 225, das 19h30 às 22h30. As inscrições são gratuitas e informações deverão ser obtidas na secretaria do curso ou pelo telefone 17 3311-3364.               A reunião terá abertura das Profs. Dras. Ana Paula Girol e Wanessa Garcia Medina e na programação participarão os egressos Vanessa Salto Massarente, Luana Bovolenta, Izabela Guerra Pereira, Alexandre Henrique Menegasso, Rafael André da Silva, Ana Carolina Monteleone Cassiano, Giovana Alves de Araújo Braga e Mariana Cristina da Silva.  
Biomedicina
Publicado em 01/03/2019 por Mauro Assi

APOIO CULTURAL DO NAP REALIZA INTERVENÇÃO COM DANÇA PARA ALUNOS

           No dia 26 de fevereiro, o Apoio Cultural do Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Cultural (NAP) da UNIFIPA realizou intervenção cultural com dança e ballet de carnaval para os alunos, professores e funcionários do Câmpus São Francisco e Câmpus Sede da UNIFIPA. A “Cia Jovem do Estúdio Alexandre Mendes”, através do ballet contemporâneo, apresentou ritmos de dança, tais como abre alas, samba, tango e música clássica ao som de “Inverno de Vivaldi”.               A atividade foi desenvolvida pela Profª Jéssica Maria dos Santos e Dr. Sinval Banhos, com parceria do Prof. Alexandre Mendes.    
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 28/02/2019 por Mauro Assi

APOIO CULTURAL DO NAP ABRE INSCRIÇÕES PARA BALLET E OUTRAS DANÇAS

             O Apoio Cultural do Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Cultural (NAP) da UNIFIPA abriu inscrições para o curso de Ballet e Outras danças. As inscrições devem ser feitas até 11 de março, na secretaria do Câmpus Sede. De acordo com a Profª Jéssica Maria dos Santos, o curso não possui mensalidade, uma vez que objetiva ampliar o repertório cultural e de qualidade de vida do público alvo; apenas uma taxa de matrícula no valor de R$10,00.               As aulas serão ministradas pelo Prof. Alexandre Mendes todas as sextas-feiras, das 18 às 19 horas, com início no dia 15 de março. O curso é para egressos, professores, funcionários e alunos da UNIFIPA.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 28/02/2019 por Mauro Assi

DOCENTE É CONVIDADO A APOIAR EQUIPE CONTRA DENGUE EM SÃO JOAQUIM DA BARRA

           O médico de família Dr. João Marcelo Caetano José Floridi Porcionato, docente do curso de Medicina da UNIFIPA, foi convidado a participar de reunião na cidade de São Joaquim da Barra (SP) no último dia 19 com o objetivo de apoiar a equipe técnica daquele município, que enfrenta epidemia de Dengue, inclusive com a decretação de estado de calamidade pública na cidade. O convite foi feito devido a atuação do profissional que, enquanto secretário de saúde de Catanduva, implantou ações de enfrentamento da epidemia que trouxeram resolutividade.               “É de grande importância poder compartilhar com outros municípios nossas experiências exitosas. Na época em que estive secretário, para combater a epidemia em Catanduva, intensificamos os arrastões,  ampliando as visitas para após o horário comercial e finais de semana, aumentamos o número de agentes, utilizamos o ‘fumacê’, firmamos parceria com as imobiliárias para abrir os imóveis fechados, ativamos um hospital voltado para o atendimento, recuperação e hidratação dos pacientes com dengue. Todas essas ações mais a conscientização da população sobre a gravidade do momento culminaram no fim da epidemia e na redução considerável dos casos registrados na época”, comentou Porcionato.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 26/02/2019 por Mauro Assi

APROVADOS NO VESTIBULINHO DO SALA EXTRA DEVEM FAZER MATRÍCULAS NESTA QUARTA

O cursinho preparatório Sala Extra divulgou a lista de aprovados no seu vestibulinho/2019, que têm até esta quarta-feira (27) para fazer suas matrículas; neste ano serão oferecidas 40 vagas.             Totalmente gratuito e instalado no Câmpus Sede da UNIFIPA, o cursinho é dirigido a alunos ou ex-alunos do Ensino Médio da Rede Pública ou de bolsistas de escolas particulares, que pretendem prestar vestibulares. Os professores do Sala Extra são todos acadêmicos de Medicina da UNIFIPA e voluntários no projeto, que foi idealizado pelos próprios alunos, mais tarde encampado como uma das suas atividades de extensão à comunidade ao ser reconhecida a sua relevância social. O processo seletivo, realizado no dia 23 de fevereiro, às 14h00, no Câmpus Sede da UNIFIPA, teve a participação de 373 jovens, entre 16 e 18 anos. A prova única contou com 60 questões objetivas, com a duração de 3h30. As questões cobraram dos estudantes conhecimentos básicos de interpretação de texto e lógica e conteúdos de matemática, física, química, biologia, história, geografia, sociologia, filosofia e português. Segundo o acadêmico de Medicina e coordenador geral do projeto, Guilherme Guimarães, o vestibulinho 2019 foi realizado com sucesso. “Não houve nenhum imprevisto e as provas ocorreram conforme o esperado. Inovamos este ano e colocamos folha óptica de respostas. Assim, a correção foi mais rápida, assim como o resultado”. A lista de aprovados encontra-se no site e no Facebook do Sala Extra, bem como a prova e o gabarito. Os aprovados devem efetuar matrículas nesta quarta-feira (27), das 18h15 às 21h00, na sala de aula A7 do Câmpus Sede da UNIFIPA, na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema, em Catanduva-SP (Hospital Emílio Carlos). Fotos: Processo seletivo do Sala Extra e acadêmicos de Medicina, professores voluntários do cursinho.  
Centro Universitário Padre AlbinoMedicina
Publicado em 26/02/2019 por Mauro Assi

DOCENTE PARTICIPA DE ENCONTRO DE CIRURGIA VASCULAR

        O docente do curso de Medicina da UNIFIPA, Dr. Murillo Antonio Couto, participou no último dia 23 de fevereiro do 27º Encontro de Cirurgia Vascular do Serviço do Hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo.             De acordo com Dr. Murillo, no Encontro foram discutidos os avanços e perspectivas do tratamento do tromboembolismo venoso e doença vascular arterial e debatido o ensino da cirurgia vascular na Graduação e Residência Médica frente às novas matrizes curriculares.  Foto: Prof. Dr. Murillo Couto com o Prof. Dr. Bonno van Bellen, da Beneficência Portuguesa.  
Medicina
Publicado em 25/02/2019 por Mauro Assi

SALA EXTRA RECEBE INSCRIÇÕES PARA PROCESSO SELETIVO ATÉ ESTA QUINTA-FEIRA

Cursinho pré-vestibular da Medicina UNIFIPA fará prova neste sábado  Termina nesta quinta-feira (21) o período de inscrições online para o processo seletivo do cursinho pré-vestibular gratuito Sala Extra, destinado a alunos da rede pública ou bolsistas de escolas particulares de Catanduva e região. Neste ano serão preenchidas 40 vagas por estudantes do terceiro ano do Ensino Médio, mediante prova com sessenta questões no próximo sábado (23), às 14h00, no Câmpus Sede do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA. O projeto, realizado a 14 anos de forma voluntária por graduandos do curso de Medicina da UNIFIPA, oferece oportunidade de acesso à universidade para alunos de baixa renda por meio de aulas expositivas de preparação para os principais vestibulares do Brasil, além do ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio. A Turma 2018 do Sala Extra conquistou neste início de ano diversas vagas em universidades públicas do país através do Sistema de Seleção Unificada/SISU e vestibulares tradicionais, além de bolsas de estudos em faculdades particulares pelo ProUni. Até o momento, 14 alunos conseguiram excelentes notas e vagas em vestibulares e seleções disputadas de todo o país, como Universidade de São Paulo/USP; Universidade Estadual de São Paulo/UNESP; Universidade Estadual de Londrina/UEL e Universidade Federal de São Carlos/UFSCar. O número de aprovações deve aumentar com novas chamadas da lista de espera das instituições. Outro destaque ficou por conta das notas de redação dos estudantes do cursinho na última edição do ENEM, com pontuações muito acima da média nacional. A aluna Giovanna Freitas de Lima, de 17 anos, obteve 920 pontos em sua redação, cujo tema foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. “Na rede pública de ensino, infelizmente, não há disciplina específica para Redação. No cursinho Sala Extra havia uma aula por semana de Redação, que durava cinquenta minutos. Além disso, era recomendado fazer pelo menos uma redação por semana, que seria corrigida pelo professor, o que garantia um tempo bem maior de contato com o assunto”, conta a estudante. Já em 2017/18 foram mais de 40 aprovações de alunos do cursinho. O universitário Iago Milani, de 19 anos, ingressante pelo ProUni em Propaganda e Marketing, conta a importância do cursinho para sua aprovação em uma faculdade de Araraquara. “As aulas do Sala Extra foram fundamentais para a minha aprovação; com elas acumulei uma bagagem vasta de conhecimento com reflexos positivos em minha vida acadêmica”. As aulas do cursinho acontecem no período noturno, das 19h às 22h40, no Câmpus sede da UNIFIPA, no Hospital Emílio Carlos, na Rua dos Estudantes, nº 225, Parque Iracema, Catanduva-SP. As inscrições para a prova devem ser feitas via site www.unifipa.com.br Toda a comunicação de gabarito, aprovados, lista de espera e convocações do processo seletivo de 2019 serão feitas pelo Facebook do projeto – Sala Extra Cursinho Preparatório https://www.facebook.com/CursinhoSalaExtra/     
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 20/02/2019 por Mauro Assi

MEDICINA INICIA TURMAS DE MENTORIA

           O curso de Medicina da UNIFIPA iniciou em fevereiro o Programa de Mentoria de 2019 para os alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries. Cada grupo terá um Mentor (médico experiente e atuante) e um Mentor Júnior (aluno da 6ª série). São 18 Mentores médicos e 25 Mentores alunos, totalizando 25 grupos de 12 a 15  alunos cada. Os Mentores Juniores são alunos do Internato, parceiros dos mentores médicos na realização dos encontros.               Segundo a coordenadora do programa, a psicóloga Adriana Pagan Tonon, os grupos se reúnem uma vez por mês e, nos encontros, os alunos são encorajados a refletir sobre a profissão e sobre si mesmos ao longo da formação médica. “Ninguém chega lá sozinho, ninguém chega lá sem aprender, ninguém aprende sozinho. É nisso que acreditamos”, disse Adriana.               As turmas iniciaram as atividades nos dias 19 e 26 de fevereiro e serão realizados oito encontros em 2019 para cada turma.  
Medicina
Publicado em 20/02/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA ESTUDA A OCORRÊNCIA DE HEPATITE D EM CATANDUVA

            Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite, caracterizada pela inflamação do fígado, vem ao longo dos anos acometendo milhares de pessoas ao redor do planeta. Em Catanduva, a situação não é diferente e preocupa agentes de saúde e pesquisadores, que decidiram aprofundar estudo com o objetivo de avaliar a ocorrência de Hepatite Delta em pacientes portadores de Hepatite B (HBV) na região. O projeto experimental de soroprevalência da Hepatite Delta foi desenvolvido e executado pelo curso de Biomedicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA.             A Hepatite D, também chamada de Delta, é causada pelo vírus D (HDV) e depende necessariamente da presença do vírus do tipo B para infectar uma pessoa. Ambas são contraídas por meio de relações sexuais desprotegidas, durante a gestação, parto ou a amamentação, compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos etc.), higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou na confecção de tatuagem e colocação de piercings.             A coinfecção ou superinfecção pelo vírus tipo “D” é ocorrência muito temida nas áreas onde a Hepatite tipo B é comum, como o caso de Catanduva, São José do Rio Preto e suas respectivas microrregiões, devido às altas taxas de migração, o que faz com que haja grande circulação e disseminação das mais variadas doenças e seus agentes etiológicos. No entanto, a doença ainda permanece sem grandes avaliações, controle e estudos efetivos de prevalência - número de casos da doença em populações específicas.             Desta forma, o curso de Biomedicina da UNIFIPA, com a coordenação da Profª Drª Nathália Maciel Maniezzo Stuchi, colaboração da Profª Drª Márcia Maria Costa Nunes Soares, do Instituto Adolfo Lutz, e participação dos alunos Cristiele Tamires Norvete, Graciela Monteiro Peres e Maria Eduarda Zotarelli desenvolveu a pesquisa que teve como objetivo avaliar a ocorrência de Hepatite Delta em pacientes portadores da doença. As avaliações foram feitas por meio de exames de carga viral do HBV realizados pelo Centro de Laboratório Regional Instituto Adolfo Lutz de São José do Rio Preto.             “Os pacientes, durante as visitas de rotina ao Ambulatório do Hospital Escola Emílio Carlos, foram devidamente informados sobre o projeto e com a apresentação de concordância em participar assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após o aceite, os pacientes colaboradores do projeto responderam a um questionário epidemiológico com questões para identificação de fatores e comportamentos de risco, bem como histórico de residência para identificação de possíveis rotas de transmissão”, detalha a pesquisadora e coordenadora do projeto, Profª Drª Nathália Stuchi.             De acordo com os dados coletados nas entrevistas realizadas com os pacientes participantes da pesquisa foi possível elencar fatores de risco aos quais aquela população estava exposta. “Ser hemofílico, ter recebido transfusão de sangue, utilizado drogas e bebidas alcoólicas e ter sido submetido a algum tipo de cirurgia são alguns dos fatores de alerta para a contaminação. Também é válido ressaltar que em relação ao uso de drogas houve cerca de 25% de taxa de compartilhamento de materiais, como seringa (cocaína injetável e tubo de cocaína inalada), e quanto a higiene, o uso compartilhado de kit de manicure, seringa de vidro e aparelho de barbear”, informam os pesquisadores.             Os pesquisadores ressaltam, também, que a população deste estudo se encontra em área de grande fluxo de migrações como, por exemplo, a vinda de trabalhadores de outras regiões do país para a colheita de cana-de-açúcar e laranja, culturas predominantes na região. Por isso, os pesquisadores vão aguardar o fim das análises para que se tenha certeza quanto à exposição dessa população ao vírus da Hepatite Delta para que se possa tomar medidas cabíveis e adequadas em relação à prevenção e conscientização da população, bem como repassar esses dados às autoridades em saúde competentes.             Para a pesquisa foram coletadas amostras de sangue, processadas e armazenadas, para os testes de rotina e também para sorologia de Hepatite Delta. De um total de 76 pacientes convocados para a pesquisa, apenas 73 concordaram (49 homens e 24 mulheres). Dentre os pacientes participantes, 60 já haviam tido suas amostras de sangue coletadas, enquanto 30 foram processadas e outras 30 aguardam a chegada do kit de ELISA para teste de Hepatite Delta. Os pacientes restantes, 13 no total, aguardam a convocação para a coleta do sangue. Os resultados, ainda parciais, apontam a não observação da presença do vírus tipo “D” nas primeiras mostras analisadas.             Segundo os pesquisadores, ao final do estudo, após a chegada de novo kit para finalização das análises, “espera-se identificar a ocorrência da Hepatite Delta em pacientes portadores de Hepatite B residentes no Noroeste Paulista e, assim, colaborar para a tomada de medidas preventivas, além de aprimorar o planejamento do tratamento nos serviços de saúde”.             O grupo vai redigir artigo científico, que será submetido a uma revista científica indexada, para que os dados fiquem disponíveis também nas bases de busca e possam auxiliar futuros trabalhos relacionados à epidemiologia das hepatites virais e mais especificamente sobre a Hepatite Delta.    
Biomedicina
Publicado em 19/02/2019 por Mauro Assi

MEDICINA TERÁ PROGRAMA DE MENTORIA PARA ALUNOS DO 1º, 2º E 3º ANOS

           O curso de Medicina da UNIFIPA iniciará, nos dias 19 e 26 de fevereiro, o Programa de Mentoria para os alunos do 1º, 2º e 3º anos. O atendimento de Mentoria acontecerá às terças-feiras com encontros uma vez por mês. Cada grupo terá um Mentor (médico experiente e atuante) e um Mentor Júnior (aluno do 6º ano).               De acordo com a coordenadora do programa, a psicóloga Adriana Pagan Tonon, a Mentoria é um programa de suporte e desenvolvimento em que alunos de diferentes anos se reunirão em grupos com um médico experiente para trocar experiências e aprofundar assuntos relevantes para seu crescimento. “Contar com a experiência daqueles que já estiveram lá pode fazer toda a diferença nessa jornada, seja a de um médico já formado (Mentor) ou de um colega veterano (Mentor Júnior)”, contou.               Os alunos poderão consultar as turmas em listas afixadas no painel da subsecretaria no Câmpus Sede da UNIFIPA.  
Medicina
Publicado em 15/02/2019 por Mauro Assi

O MAPA DO CÂNCER EM CATANDUVA

As neoplasias malignas, popularmente conhecidas como câncer maligno, são um grande problema de saúde pública, possuindo alta incidência e prevalência no Brasil e no mundo. Essas condições clínicas constituem um conjunto de manifestações clínicas e estão associadas a inúmeros fatores de risco. Diante deste cenário, o curso de Medicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA desenvolveu pesquisa exploratória com o objetivo de estudar os padrões epidemiológicos através do levantamento dos diagnósticos comprovados por biópsia realizados pelo principal serviço de atendimento da região de Catanduva/SP. Os estudos conduzidos com método observacional retrospectivo transversal foram focados na incidência de neoplasias malignas (câncer) evidenciadas por biópsias anátomo-histopatológicas realizadas pelo Serviço de Patologia dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos. Os dois hospitais englobam todas as biópsias realizadas na cidade, as quais incluem também pacientes moradores da microrregião de Catanduva, composta por 16 cidades, totalizando 277.312 habitantes. De acordo com coordenadora da pesquisa, Profª Drª Ana Paula Girol, as biópsias foram contabilizadas apenas nas quais o laudo diagnóstico não deixava dúvidas. “Os dados coletados por exame incluíram ainda sexo, idade, local de retirada da amostra, diagnóstico e anotações complementares, que incluem estadiamento e metástases. Os casos de leucemia foram excluídos da pesquisa, já que a maioria dos laudos não confirmava a doença e sugeria correlação com os achados clínicos”, explica ela. A base de comparação dos diagnósticos e evolução no decorrer dos cinco anos analisados incluíram a incidência total por tipo de câncer; incidência de câncer por idade e por sexo e a incidência específica de um câncer por idade e por sexo. Para obtenção dos dados foram usados “teste qui quadrado, risco relativo, odds ratio”. Por fim os estudiosos elaboraram tabelas baseadas no padrão do INCA de 2016. Os dados de Catanduva foram analisados e comparados com outras regiões do Estado de São Paulo, do Brasil e do mundo. “A incidência total média dos cânceres contabilizados entre os anos de 2011 e 2015 foi de 92,04 casos para 100.000 habitantes ou 255,25 casos em média. Os cânceres de maior incidência foram os de mama, colorretal, próstata, estômago, boca/faringe e colo de útero. Após a análise detalhada dos dados foi possível observar que Catanduva apresenta um perfil epidemiológico para neoplasias que contraria, em alguns casos, as estatísticas nacionais e mundiais. De acordo com os resultados encontrados, o câncer de pulmão possui baixa incidência”, destaca a pesquisa. Outro dado importante apontado foi para a grande taxa de melanomas no município, enquanto as estatísticas nacionais são menores. A forte incidência de raios solares, o grande número de trabalhadores rurais no município e o maior número de diagnósticos feitos estão entre as hipóteses levantadas para justificar esse quadro. Além disso, a pesquisa também identificou outros diversos tumores incidentes na população da região, com diferentes classificações patológicas: adenocarcinomas (esôfago, estômago, intestino, parótida, mama, útero, ovário, próstata, pulmão, vias biliares), carcinomas (de pele - basocelular e espinocelular, mama, útero, fígado, parótida, bexiga, rim, pulmão, reto, tireoide), além de melanoma, lipossarcoma, teratoma e linfoma. A pesquisa foi desenvolvida durante quatro meses pela docente e coordenadora do projeto, Profª Drª Ana Paula Girol, com a colaboração dos acadêmicos Filipo Amorosino Daloui, Paula Pinheiro, Daiana Melo, Caio Henrique Okuda Oliveira e Gabriela Hamra.  
Medicina
Publicado em 15/02/2019 por Mauro Assi

REVISTAS INTERNACIONAIS PUBLICAM DOIS ARTIGOS DA BIOMEDICINA

O curso de Biomedicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA obteve a aprovação e publicação de mais dois artigos completos em revistas internacionais especializadas na área de pesquisa. Os artigos são referentes a resultados de projetos de Iniciação Cientifica da graduação, de acordo com a coordenadora do curso, Profª Drª Ana Paula Girol.   O artigo “Healing effects of Lavandula officinalis essential oil associated to Arctium lappa extract in a second degree burn model”, aceito para publicação na revista impressa Academia Journal of Medicinal Plants, foi desenvolvido pelos estudantes, técnicos e docente do curso de Biomedicina e Medicina da UNIFIPA Jean C. B. Cesário; Iasmin B. Prette; Isis Forgerini; Rafael M. de Santis; Melina M. Iyomasa-Pilon; Bruna G. Glad; Giselda P. R. da Silva; Helena R. Souza; Lucas Possebon; Profª Maria de Lourdes G. Pereira; Profª Andréia H. Moreno e Profª Ana P. Girol. A pesquisa que avalia o potencial de fitoterápicos em processos inflamatórios e de regeneração tecidual também contou com a colaboração da Universidade de Aveiro, Portugal.   Já o artigo “Evaluation of Annexin A1 protein in an infectious keratitis model: therapeutic perspectives”, que estuda a proteína anexina A1 em processos inflamatórios, foi publicado na revista Current trends in Ophthalmology. O estudo também foi realizado com participação de alunos de Biomedicina e Medicina, agora já egressos, docentes e técnicos da UNIFIPA Rafael André da Silva; Ahmad Mohamad Ali Hamade; Gabriel Alcalá Souza e Silva; Gabriela Hamra Pereira; Fábio Franco de Oliveira; Helena Ribeiro Souza; Lucas Possebon e Profª Ana Paula Girol.
Biomedicina
Publicado em 14/02/2019 por Mauro Assi

AULÃO SOLIDÁRIO DO GRUPO DE YOGA NAP/UNIFIPA ARRECADA 25 KG DE ALIMENTOS

        O Aulão solidário do Grupo de YOGA NAP/UNIFIPA, realizado dia 13 de fevereiro, na sala de espelhos do Complexo Esportivo da UNIFIPA, no Câmpus Sede, arrecadou 25 kg de alimentos. Ainda há vagas, limitadas a 40 pessoas, para a próxima aula. A inscrição é feita no local e é preciso levar um quilo de alimento vegetariano estrito (sem nada de origem animal) e não perecível (arroz, feijão ou macarrão sem ovos etc). O alimento será doado para instituição filantrópica local.             As aulas de Yoga são ministradas pela voluntária Júlia Rodrigues Faria, aluna do 5º ano de Medicina na UNIFIPA, praticante de Yoga há seis anos, com experiência de um ano na Alemanha e formação em Hatha Vinyasa Yoga pelo Yoga Corpo e Consciência de São José do Rio Preto.    
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 14/02/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA PROMOVE BOAS-VINDAS AOS CALOUROS DA 50ª TURMA DE MEDICINA

Nos dias 11 e 12 de fevereiro, o Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA recepcionou os novos estudantes da 50ª Turma do curso de Medicina. A ação foi desenvolvida pelos docentes da instituição e teve como objetivo o acolhimento aos calouros, apresentação da grade curricular, instruções gerais do curso e ênfase nas questões de ética e humanização. Pela manhã e tarde, o reitor da UNIFIPA, Dr. Nelson Jimenes, e o coordenador do curso, Dr. Jorge Luís Valiatti, fizeram uma breve apresentação da história da instituição e do Padre Albino. Em seguida foi a vez do NAP - Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Cultural, pelas professoras Wanessa Medina e Alda Batista, com música interpretada em Libras. Já a apresentação do Proavaliar - Programa de Autoavaliação Institucional foi feita pela coordenadora do NEXT – Núcleo de Extensão, Profª Adriana Balbina, e a matriz curricular pelos professores Ricardo Gonsaga e Ana Paula Girol. A coordenadora do Núcleo de Pesquisa, Profª Cibelle Rocha Abdo, também esteve presente. Ao final da recepção, os docentes que integram a COMADE - Comissão Permanente de Avaliação da Matriz Curricular e do Desempenho do Estudante deixaram seus contatos à disposição dos alunos.        
Medicina
Publicado em 13/02/2019 por Mauro Assi

BIOMEDICINA PROMOVE RECEPÇÃO AOS NOVOS ALUNOS

Com o início do ano letivo no último dia 04, o curso de Biomedicina da UNIFIPA promoveu uma recepção aos novos alunos. O evento contou com a apresentação das disciplinas, núcleos da IES, organização curricular e corpo docente, além das ligas acadêmicas representadas pelos seus membros.   O curso também promoveu visita pelo Câmpus Sede. Os futuros biomédicos conheceram a infraestrutura universitária, com mais de 20 laboratórios, a Unidade Didática e de Pesquisas, Informática, Biblioteca e demais instalações.    
Biomedicina
Publicado em 12/02/2019 por Mauro Assi

AULÃO SOLIDÁRIO DO GRUPO DE YOGA NAP-UNIFIPA

               No dia 13 de fevereiro, às 18h, na Sala de Espelhos do Complexo Esportivo da UNIFIPA, no Câmpus Sede, será realizado o “Aulão Solidário do Grupo de YOGA – NAP/UNIFIPA”. As inscrições serão feitas no local e limitadas a 40 vagas. Para participar é preciso levar 1 kg de alimento vegetariano estrito (sem nada de origem animal) e não perecível (arroz, feijão ou macarrão sem ovos etc). Os alimentos serão doados para uma instituição local.               As aulas de Yoga serão ministradas pela voluntária Júlia Rodrigues Faria, aluna do 5º ano de Medicina na UNIFIPA, praticante de Yoga há seis anos, com experiência de um ano na Alemanha e formação em Hatha Vinyasa Yoga pelo Yoga Corpo e Consciência de São José do Rio Preto/SP.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 11/02/2019 por Mauro Assi

MEDICINA PESQUISA O TRATAMENTO DO CÂNCER ASSOCIADO À HOMEOPATIA

Constituída por um sistema complexo de tratamento baseado no princípio vitalista e no uso da lei dos semelhantes enunciada por Hipócrates no século IV a.C., a Homeopatia foi desenvolvida na Alemanha, em 1790, por Samuel Hahnemann. De lá para cá, diversas pesquisas e estudos vêm sendo desenvolvidos por universidades para atestar os benefícios e a eficácia desse tipo de tratamento. O curso de Medicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA está desenvolvendo a pesquisa “Análise do sistema imunológico de pacientes com câncer tratados com medicamentos alopáticos associados à homeopatia” coordenada pela Profª Drª Adriana Balbina Paoliello Paschoalato e com a colaboração da Profª Drª Andreia de Haro Moreno, que vai buscar na literatura tratamentos homeopáticos que possam minimizar os efeitos secundários de medicamentos “convencionais”, tendo em vista que a maioria das drogas utilizadas nos tratamentos dos pacientes com câncer apresenta inúmeros efeitos adversos. Os fatores de risco do câncer são encontrados no ambiente físico, ou comportamentos próprios, além dos fatores de risco intrínsecos, como idade, gênero, etnia/raça e hereditariedade. “Depois de detectada a doença, os métodos tradicionais da medicina no tratamento utilizam drogas poderosas capazes de reverter o câncer, mas que provocam efeitos colaterais e adversos na mesma proporção. Surge, então, uma nova aliada na diminuição desta problemática, a homeopatia e fitoterápicos”, disseram as pesquisadoras após meses de estudos. “Entre os artigos relacionados na revisão cientifica encontramos relatos diversos, entre eles, estudos comparando a ação de tratamentos homeopáticos e fitoterápicos. A homeopatia reduziu com maior eficácia os efeitos e reações indesejáveis nos pacientes sob tratamento com quimioterápicos. Tal fato pode ser justificado pelo uso de diluições e não do extrato bruto, como ocorre na Fitoterapia. Esses estudos permitem verificar o quanto a homeopatia, como prática regulamentada e reconhecida nacionalmente, pode contribuir para a promoção da saúde e qualidade de vida dos pacientes com câncer”, explicam as pesquisadoras. Atualmente, a homeopatia está presente em mais de 10 universidades públicas e privadas no Brasil em atividades de ensino, pesquisa ou assistência e conta com cursos de especialização em 12 unidades da federação com formação do médico homeopata aprovada pela Comissão Nacional de Residência Médica. Na implantação da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS a homeopatia foi elencada aos tratamentos médicos convencionais.  
Medicina
Publicado em 06/02/2019 por Mauro Assi

BEBIDA E DIREÇÃO: PESQUISA RECOMENDA CONSCIENTIZAÇÃO AOS JOVENS

O consumo de álcool e direção perigosa é uma combinação tradicionalmente conhecida pelos brasileiros. O tema é alvo de constantes debates e estudos na tentativa de compreender os fatores de riscos que colocam o Brasil em quarto lugar no ranking de trânsito mais violento do mundo. Em Catanduva, o Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA, através do curso de Medicina, realizou pesquisa para analisar os dados locais e compreender a relação álcool e direção entre os jovens. A pesquisa exploratória, com a coordenação do docente responsável pelo projeto Dr. Ricardo Alessandro Teixeira Gonsaga, com a colaboração com Prof. Dr. Eduardo Marques da Silva, foi baseada no projeto P.A.R.T.Y (Prevenção do Trauma Relacionado ao Álcool na Juventude), afim de analisar, em duas vertentes, conhecimentos prévios de alunos do Ensino Médio sem a carteira nacional de habilitação, assim como jovens universitários que já possuem, realizando efeito comparativo entre os resultados do públicos alvo. Os graduandos de Medicina aplicaram questionário com perguntas direcionadas para estudantes do Ensino Médio de Catanduva e acadêmicos de Medicina da UNIFIPA, levando em consideração as variáveis de contexto familiar, social e educacional dos jovens. Além disso, com base no projeto P.A.R.T.Y., foi promovida entre os participantes a reflexão sobre a realidade estatística dos acidentes de trânsito, traumas provocados pelos acidentes em decorrência do consumo de bebidas alcoólicas e relação do álcool com a direção. “Com metodologia analítica de dados coletados através de questionários aplicados ao alvo, o principal objetivo do trabalho foi saber como está a concepção do jovem, prestes a ter habilitação, e os que já possuem, sobre a relação de álcool e direção, a qual é a principal causadora de acidentes e mortes no trânsito. Também foi nosso objetivo, baseando-se no projeto P.A.R.T.Y, mostrar a prevenção desses acidentes aos participantes da ação/projeto”, explica Dr. Ricardo Gonsaga. Segundo o estudo, os dados demonstram que mais de 60% dos jovens catanduvenses entre 15 e 17 anos já dirigem, mesmo sem CNH. De acordo com o Art. 309 “dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano. Pena – detenção, de seis meses a um ano, ou multa”. Além disso, a pesquisa apontou que mais da metade dos adolescentes da faixa analisada já utilizou alguma bebida alcoólica. O estudo concluiu que os jovens fazem alto uso de álcool, assim como reproduzem fatores de risco (motoristas embriagados, falta de cinto de segurança), colaborando para uma combinação perigosa e colocando a vida em risco. “Chegamos a conclusão que necessitamos de um projeto de conscientização nesta faixa etária e inserir no contexto familiar, social e educacional dos jovens a necessidade de atitudes responsáveis no trânsito; somente assim será possível mudar esse quadro”, finalizam os pesquisadores.
Medicina
Publicado em 01/02/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA ESCLARECE SOBRE BOLSAS DE ESTUDO

        O Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA, neste início de ano letivo, esclarece à comunidade acadêmica sobre bolsas de estudo.             O aluno matriculado em um dos cursos oferecidos pode pleitear bolsa pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), programa do Ministério da Educação (MEC), criado pelo Governo Federal no ano de 2004, que concede bolsas de estudos  integrais e parciais em cursos de graduação, em Instituições de Ensino Superior Privadas, para estudantes brasileiros que não tenham o diploma de nível superior. É voltado aos estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou particular de ensino na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM em sua última edição.             O aluno que tenha o mesmo perfil exigido pelo PROUNI, conforme acima, pode pleitear bolsa integral (100%) e parcial (50%), concedidas pela Fundação Padre Albino, entidade privada filantrópica, sem fins lucrativos, mantenedora da UNIFIPA. Esse programa tem os limites registrados no "Edital de Abertura para Renovação e Concessão Bolsa de Estudos de Educação Superior" que se encontra no site da UNIFIPA.             Mais informações sobre bolsas de estudo podem ser obtidas diretamente na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema, Catanduva, SP, Câmpus Sede da UNIFIPA.        
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 01/02/2019 por Mauro Assi

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA PÓS-GRADUAÇÃO NA UNIFIPA

São 6 cursos nas áreas de Administração, Biomedicina e Educação Física   O Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA oferece neste ano seis cursos de pós-graduação nas áreas de Administração, Biomedicina e Educação Física. Sem taxa de matrícula, as turmas confirmadas devem iniciar as aulas em março próximo e a duração é de 18 meses. Na área de Administração, as especializações são Gestão Empresarial com ênfase em Controladoria e Gestão Financeira, que pretende proporcionar a formação através de abordagem voltada para a tomada de decisões no gerenciamento de negócios e Gestão Empresarial com ênfase em Gestão de Pessoas e Relações Trabalhistas, cuja abordagem será voltada para o contexto organizacional de pessoas, remuneração, avaliação de desempenho, treinamento e desenvolvimento, liderança, motivação e relações trabalhistas. Na área de Biomedicina são três as especializações - Citologia Esfoliativa e Onco-Hematologia; Microbiologia e Imunologia Clínicas e Imagenologia, voltadas para profissionais da área da saúde, de nível superior, habilitados a exercer as atividades na área de atuação, com o objetivo de promover a atualização para formação crítica e ética, capacitando-o a reconhecer e resolver problemas, pensar, desenvolver e atuar preventivamente. Fisiologia do Exercício e Nutrição Esportiva é a especialização oferecida na área de Educação Física, com o objetivo de capacitar os profissionais a promoverem melhor qualidade de vida às pessoas e contribuírem no desempenho físico de atletas. Os interessados em obter mais informações devem ligar para (17) 3311-4800, das 8h00 às 22h00, ou comparecer no Câmpus Sede da UNIFIPA, na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema (Hospital Emílio Carlos), em Catanduva.
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 24/01/2019 por Mauro Assi

1º COLOCADO NO VESTIBULAR DA MEDICINA UNIFIPA É DE CATANDUVA

Catanduvenses conquistam nove das cem vagas ofertadas pelo curso  Na manhã desta quarta-feira (23) foi divulgada pela Fundação VUNESP a relação dos candidatos aprovados no Vestibular 2019 para o curso de Medicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA. Dentre as 100 vagas nove foram conquistadas por estudantes de Catanduva, inclusive o primeiro lugar, por Matheus Moreno Landin. Os outros aprovados foram Vitor Afonso Favaretto, 9º; Enzo Bertolo Couto, 24º; Vitor Paschoaleti Nishiyama, 39º; José Nelson Tonini, 44º; Maria Júlia Busnardo Aguerra, 47º; Amanda Bressan Santos, 78º; Thiago Macedo, 93º, e Luka Rogério Valentin, 99º.   Da região de Catanduva foram aprovados Fabíola Borges Nordini de Moraes (7ª), de Itajobi; Júlia Baesso Messiano (59ª), de Fernando Prestes, e Caroline Queiróz Corse (74ª), de Itajobi. Os 100 aprovados nesta primeira chamada devem efetivar as matrículas nos dias 25 e 28 de janeiro, das 8h00 às 17h00, no Câmpus Sede. A segunda chamada será no dia 29 de janeiro e a terceira no dia 30. Havendo vagas remanescentes serão realizadas novas convocações em datas definidas pela Reitoria da UNIFIPA. O preenchimento das vagas obedecerá à ordem decrescente de classificação dos candidatos. Na lista de espera, outros catanduvenses. Vinícius da Cruz Sanches, 106º; Luísa Della Libera Murari, 133º; Vitor Pio de Queiroz, 145º; Letícia Raiane Fogare, 167º; Caue Bugatti, 204º; Amanda Risso Caires, 219º; Camila Aleixo Ravazzi, 220º; Ana Laura Bugatti, 228º; Cibele Alexandra Ferro, 230º; Victória Bugatti, 280º. A lista completa dos aprovados, convocações e outras informações estão disponíveis no portal da Fundação Vunesp e da UNIFIPA. O Câmpus Sede da UNIFIPA fica na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema, em Catanduva.    
Medicina
Publicado em 23/01/2019 por Mauro Assi

RESULTADO DO VESTIBULAR DA MEDICINA SERÁ DIVULGADO NESTA QUARTA

       O resultado do vestibular do curso de Medicina da UNIFIPA será divulgado nesta quarta-feira (23), através do site www.vunesp.com.br As matrículas serão feitas em três chamadas, nos dias 25 e 28 de janeiro, primeira chamada; dia 29, segunda chamada, e dia 30, terceira chamada. Havendo vagas remanescentes ocorrerão novas convocações por editais no site www.unifipa.com.br             Os candidatos deverão realizar sua matrícula pessoalmente ou por procuração com reconhecimento de firma. Os documentos necessários para a inscrição são duas cópias da certidão de nascimento, duas cópias da cédula de identidade, uma cópia do título de eleitor, duas cópias do documento militar (sexo masculino), uma cópia do CPF, duas cópias do histórico escolar ou certificado de conclusão do Ensino Médio, comprovante de residência e duas fotos 3x4.             O Câmpus Sede da UNIFIPA fica na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema, em Catanduva. Mais informações pelo 0800.772-5393.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 22/01/2019 por Mauro Assi

REMATRÍCULAS DA UNIFIPA SÃO PRORROGADAS ATÉ 25 DE JANEIRO

            As rematrículas para os cursos de Administração, Agronomia, Biomedicina, Direito, Educação Física Bacharelado, Educação Física Licenciatura, Enfermagem e Pedagogia da UNIFIPA, que começaram dia 02 de janeiro, foram prorrogadas até o dia 25 de janeiro. O aluno deve procurar a secretaria de cada curso para a rematrícula.             O atendimento no Câmpus Sede é das 8h às 21h e no Câmpus São Francisco das 13h às 21h, de segunda a sexta-feira. A rematrícula é obrigatória, inclusive para alunos com Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) e bolsas de estudo. No ato, o aluno pagará a primeira mensalidade de 2019, referente ao semestre ou ano do curso.
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 22/01/2019 por Mauro Assi

UNIFIPA REALIZA VESTIBULAR UNIFICADO DE VERÃO

O Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) abriu inscrições para o Vestibular Unificado de Verão, que contempla os cursos de Administração, Agronomia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física Bacharelado, Educação Física Licenciatura, Enfermagem, Farmácia e Pedagogia. As inscrições são gratuitas e acontecem de 15 a 20 de janeiro, pelo site www.unifipa.com.br . As provas agendadas serão realizadas entre os dias 21 a 23 de janeiro, no Campus Sede (Rua dos Estudantes, 225) e no Campus São Francisco (Rua Seminário, 281). Os resultados serão divulgados no dia 25, em edital de classificação no site da UNIFIPA. As matrículas serão de 28 a 31 e aulas começam no dia 4 de fevereiro.
Fundação Padre AlbinoAdministraçãoAgronomiaBiomedicinaDireitoEducação Física - BachareladoEducação Física - LicenciaturaEnfermagemPedagogia
Publicado em 14/01/2019 por Marcia Bernardes

UNIFIPA PROMOVEU SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU DA BIOMEDICINA

No dia 10 de dezembro, às 19h00, no Maison Ge Vera, o Centro Universitário Padre Albino realiza Solenidade de Colação de Grau da 4º Turma do Curso de Biomedicina - Bacharelado. A cerimônia reuniu 35 formandos e teve como Paraninfa a Profª. Dra. Nilce Barril, e como Patronesse Profª. Dra. Adriana Balbina Paoliello. A benção final será executa pelo estudante Vinicius de Freitas Zocarato juntamente com Sr. Valmir Filadelfo. A mesa solene de formatura foi composta pelo Prof. Dr. Antonio Carlos de Araújo, Pró-reitor acadêmico e de graduação do Centro Universitário Padre Albino; Drª. Rosângela Guzzi Sampaulo, Representante do Conselho Regional de Biomedicina – 1ª. Região. (CRBM-1); e por Josiane Zambon, Secretária Geral da UNIFIPA. Já os professores e funcionários homenageados da noite foram:  Profª. Drª. Andréia de Haro Moreno; Prof. Dr. Daniel Henrique Gonçalves; Profª. Dra. Larissa Favaro Marchi; Profª. Drª. Nathalia Maciel Maniezzo Stuchi; Prof. Dr. Manzélio Cavazzana Junior; e Elisabete do Nascimento. O pronunciamento do juramento do curso foi proferido pela aluna Rafaela Almeida Santos.
Fundação Padre AlbinoBiomedicina
Publicado em 14/01/2019 por Marcia Bernardes

UNIFIPA PROMOVE SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU DA BIOMEDICINA

Nesta quinta-feira (10), às 19h00, no Maison Ge Vera, o Centro Universitário Padre Albino realiza Solenidade de Colação de Grau da 4º Turma do Curso de Biomedicina - Bacharelado. A cerimônia irá reunir 35 formandos e terá como Paraninfa a Profª. Dra. Nilce Barril, e como Patronesse Profª. Dra. Adriana Balbina Paoliello. A benção final será executa pelo estudante Vinicius de Freitas Zocarato juntamente com Sr. Valmir Filadelfo. A mesa solene de formatura será composta pelo Prof. Dr. Antonio Carlos de Araújo, Pró-reitor acadêmico e de graduação do Centro Universitário Padre Albino; Drª. Rosângela Guzzi Sampaulo, Representante do Conselho Regional de Biomedicina – 1ª. Região. (CRBM-1); e por Josiane Zambon, Secretária Geral da UNIFIPA. Já os professores e funcionários homenageados da noite serão, Profª. Drª. Andréia de Haro Moreno; Prof. Dr. Daniel Henrique Gonçalves; Profª. Dra. Larissa Favaro Marchi; Profª. Drª. Nathalia Maciel Maniezzo Stuchi; Prof. Dr. Manzélio Cavazzana Junior; e Elisabete do Nascimento. O pronunciamento do juramento do curso, que é quando cada formando se compromete a exercer a profissão escolhida com competência, ética e dedicação, será proferida pela aluna Rafaela Almeida Santos.  
Fundação Padre AlbinoCentro Universitário Padre AlbinoBiomedicina
Publicado em 09/01/2019 por Marcia Bernardes

RESULTADO DO VESTIBULAR DE MEDICINA SERÁ DIVULGADO DIA 23 DE JANEIRO

O resultado do vestibular do curso de Medicina da Unifipa será divulgado no dia 23 de janeiro,  através dos sites www.unifipa.com.br e www.vunesp.com.br. As matrículas serão feitas em três chamadas, nos dias 25 e 28 de janeiro, primeira chamada, dia 29, segunda chamada e dia 30, terceira chamada. Havendo vagas remanescentes ocorrerão novas convocações, por editais no site: www.unifipa.com.br Os candidatos deverão realizar sua matrícula pessoalmente ou por procuração com reconhecimento de firma. Os documentos necessários para a inscrição são: duas cópias da Certidão de Nascimento, duas cópias da cédula de identidade, uma cópia do título de eleitor, duas cópias do documento militar (quando for do sexo masculino), uma cópia do CPF, duas cópias do histórico escolar ou certificado de conclusão do Ensino Médio, comprovante de residência e duas fotos 3x4.
Fundação Padre AlbinoCentro Universitário Padre AlbinoMedicina
Publicado em 02/01/2019 por Marcelo Godoy

EGRESSA DA BIOMEDICINA É CONTRATADA PELO HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS

Egressa da primeira turma do curso de Biomedicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA, em 2015, Giovanna Alves de Araújo Braga foi contratada como Biomédica pelo Hospital de Câncer de Barretos. Giovanna tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em bioquímica, hematologia, uroanálise, biossegurança, parasitologia, microbiologia e imunologia. O Hospital de Câncer de Barretos, Hospital de Amor, com sede em Barretos/SP, é especializado no tratamento e prevenção de câncer e abriga a maior estrutura em tratamento oncológico do país.  
Biomedicina
Publicado em 21/12/2018 por Mauro Assi

BIOMEDICINA RECEBE NOVOS EQUIPAMENTOS CIENTÍFICOS

O Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA encerra o ano de 2018 com mais um salto no estímulo e apoio ao desenvolvimento de pesquisas científicas. A instituição investiu mais de 39 mil reais na aquisição de modernos equipamentos para o curso de Biomedicina. Nos últimos anos, a UNIFIPA tem se destacado com os resultados obtidos em pesquisas, com reconhecimento nacional e internacional através de congressos científicos.   Dentre os seis novos equipamentos adquiridos, o destaque fica com a centrífuga refrigerada (Quimis), modelo Q222RT, para separação de amostras, ou seja, divisão de partes sólidas e líquidas dos materiais analisados. O aparelho atende às necessidades dos laboratórios de pesquisas, universidades, indústrias, engenharia genética, microbiologia e veterinária, cujas análises exigem temperatura controlada. Além dele, equipamentos como espectofotômetro, ponto de fusão a seco, estufa de secagem com circulação e renovação de ar e evaporador rotativo integram o conjunto adquirido. Dois laboratórios multidisciplinares e a sala de cultura de células foram beneficiados pelos novos aparelhos.   Segundo a coordenadora do curso de Biomedicina, Profª Drª Ana Paula Girol, o apoio à pesquisa acadêmica é indispensável para uma educação superior de qualidade. “Este investimento mostra o grande comprometimento da UNIFIPA com o ensino e as pesquisas de ponta, que vêm sendo desenvolvidas ao longo dos anos. É uma vitória de todos e que merece ser destacada”, comemora.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 21/12/2018 por Mauro Assi

HOSPITAL PADRE ALBINO VENCE A GINCANA DOS 100 ANOS

          A Equipe Branca, do Hospital Padre Albino, venceu a I Gincana Socioeducativa da Solidariedade, que encerrou as comemorações dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. A final, com apresentação do jornalista Cristiano Geraldi, foi realizada no dia 15 de dezembro, a partir das 8h30, nas quadras do Complexo Esportivo Prof. Ivo Dall1’Aglio da UNIFIPA.             Oito equipes, que já haviam cumprido seis provas desde agosto, disputaram a final. A primeira prova foi a atividade de socialização, “Terremoto”, conduzida pelo Prof. Marcus Vinícius Seixas, e todas equipes receberam 100 pontos. Na segunda prova, Desafio matemático, quatro membros das equipes resolveram cinco desafios. A Equipe Azul (PAS) foi a vencedora, seguida da Roxa (Colégio Catanduva) e Preta (UNIFIPA). A prova “Telefone sem fio” foi vencida pela Equipe Branca (Hospital Padre Albino), que passou corretamente entre seus membros a frase de Padre Albino “Desejo, com toda sinceridade, morrer inteiramente pobre, sem dinheiro, sem bens, sem dívidas e sem pecado”. A prova surpresa, “Travessia”, conduzida pelo Prof. Marcus Seixas e alunos dos cursos de Educação Física – Bacharelado e Licenciatura da UNIFIPA, não teve vencedoras.             A última prova da final foi o “Quiz” com base no livro “Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva – Apóstolo da caridade”. Três membros de cada equipe responderam as 19 perguntas; a resposta certa valia 200 pontos. A vencedora foi a Equipe Preta (UNIFIPA), seguida da Branca (HPA); Roxa (Colégio Catanduva) e Vermelha (Coordenadoria Geral); Verde (HEC); Azul (PAS) e Pink (AME) e Amarela (Recanto Monsenhor Albino). Por fim, todas as equipes foram chamadas ao palco para o Grito da torcida e ganharam 100 pontos.             O resultado final da gincana foi este: 1º - Equipe Branca – Hospital Padre Albino – 37.394,5 pontos 2º - Equipe Verde – Hospital Emílio Carlos – 22.869 pontos 3º - Equipe Preta – UNIFIPA – 22.228 pontos 4º - Equipe Azul – PAS – 21.504 pontos 5º - Equipe Pink – AME – 12.247,6 pontos 6º - Equipe Vermelha – Coordenadoria Geral – 9.293 pontos 7º - Equipe Amarela – Recanto Monsenhor Albino – 8.448 pontos 8º - Equipe Roxa – Colégio Catanduva – 6.449 pontos Além do troféu, os membros da Equipe Branca concorreram a um tablet, sorteado para Juliana Fachim, e todos os funcionários do “Padre Albino”, inclusive os integrantes da equipe, participaram do sorteio de um dia de folga, num total de 15 folgas (número de integrantes da equipe).             Encerrando a gincana, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, disse que, para ele, aquele dia para jamais será esquecido, pois havia concretizado um sonho, pois desde que assumiu, em 2012, desejava promover uma confraternização com o maior número possível de funcionários. “No final do ano passado resolvemos refazer as contas e chegamos à conclusão que daria para realizar uma bela confraternização, ainda que não conseguíssemos reunir todos os funcionários”, ressaltou. “O principal motivo para esse esforço foi justamente os cem anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. Quem pôde participar é testemunha viva do que foi esta primeira de muitas, espero, confraternização geral dos funcionários da FPA”, finalizou.             Antes e durante a festa de confraternização, da qual participaram 1.150 funcionários, foram sorteados 300 brindes para os que responderam um questionário com perguntas relacionadas à Fundação. A manifestação da funcionária do Museu Padre Albino, Maria Eduarda de Magalhães, expressa o sentimento de todos os funcionários, que só tinham elogios para a confraternização. “Pude ver o quão grandiosa essa família se tornou, com tantas pessoas empenhadas e capacitadas a fazer o bem. O evento foi maravilhoso em termos de organização e de iniciativa, já que reuniu todos os departamentos em uma grande festa. Padre Albino estaria muito feliz por ver que o sonho dele hoje é a realidade de muitas pessoas. Gratidão é a palavra que descreve o grandioso evento!"
Fundação Padre Albino
Publicado em 19/12/2018 por Mauro Assi

UNIFIPA PRORROGA MATRÍCULAS DO VESTIBULAR E DIVULGA 2ª CHAMADA

            Está prorrogado até esta segunda-feira, 17 de dezembro, o prazo para matrículas dos vestibulandos aprovados no processo seletivo de 2019 da UNIFIPA dos cursos de Administração, Agronomia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Educação Física Bacharelado, Educação Física Licenciatura, Farmácia (noturno) e Pedagogia. Os candidatos devem procurar as secretarias acadêmicas dos respectivos Câmpus do curso escolhido para a efetivação. Para os cursos de Direito e Enfermagem já está disponível o edital de segunda chamada que tem o mesmo prazo de matrícula que a prorrogação dos demais cursos.               Para efetivar a matrícula o candidato deve pagar a primeira mensalidade do curso (estipulado na Portaria nº 24/2018), apresentar duas cópias do RG, duas cópias da certidão de nascimento, cópia do título de eleitor, cópia do documento militar (quando do sexo masculino), cópia do CPF, duas cópias do certificado de conclusão do Ensino Médio ou histórico escolar e duas fotos 3x4.               Os editais estão disponíveis no portal www.unifipa.com.br O horário de funcionamento do Câmpus Sede é das 8h às 21h e do Câmpus São Francisco das 14h às 21h de segunda a sexta-feira.  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 17/12/2018 por Mauro Assi

GINCANA ENCERRA A PROGRAMAÇÃO DOS 100 ANOS DA CHEGADA DE PADRE ALBINO

Neste sábado, 15 de dezembro, a partir das 8h30, no Complexo Esportivo do Câmpus Sede da UNIFIPA, será realizada a final da I Gincana Socioeducativa da Solidariedade, iniciada pela Fundação Padre Albino em agosto passado e que encerra as comemorações dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. Nesta final as equipes disputam as provas Desafio matemático, Telefone sem fio, Quiz do livro sobre Padre Albino e provas surpresas. Após o encerramento, todos os funcionários da Fundação participam de confraternização no próprio local. Os departamentos da Fundação foram divididos em cores, com confecção de camisetas personalizadas. De agosto a novembro, as oito equipes tiveram provas mensais, de caráter social, com a arrecadação de produtos de higiene e limpeza, alimentos não perecíveis, entre outros, para o HCC e hospitais Padre Albino e Emílio Carlos e Recanto Monsenhor Albino.             Até agora, a classificação das equipes é esta: 1º - Hospital Padre Albino – 33.894,5 pontos 2º - Hospital Emílio Carlos – 20.469 pontos 3º - UNIFIPA – 17.628 pontos 4º - PAS – 16.704 pontos             5º - AME Catanduva – 10.447,6 pontos            6º - Recanto Monsenhor Albino – 7.048 pontos 7º - Coordenadoria Geral – 6.693 pontos 8º - Colégio Catanduva – 2.349 pontos  
Fundação Padre Albino
Publicado em 14/12/2018 por Mauro Assi

SIMULAÇÃO REALÍSTICA MELHORA SEGURANÇA E DESEMPENHO DE ALUNOS DE MEDICINA

O curso de Medicina da UNIFIPA, através da disciplina de Ginecologia e Obstetrícia, iniciou este ano projeto de monitoria voluntária para manuseio correto do simulador de maternidade e nascimento neonatal (NOELLE S550) no Laboratório de Habilidades em Emergências Médicas (LAHEM). Dividido em duas etapas, capacitação de monitores e auxílio aos alunos do 3º e 4º anos, o projeto visa desenvolver habilidades em relação ao exame ginecológico, condução do trabalho de parto, suas complicações e recepção do recém-nascido.   “O aprendizado de habilidades e simulação realística mostra-se muito mais eficiente quanto à fixação dos conteúdos, além de permitir que os alunos aprendam a técnica adequada para obterem melhor segurança e desempenho durante as atividades práticas nos estágios”, afirmou a docente responsável, Profª Drª Denise Gonzales Stellutti de Faria, ressaltando a importância do projeto.   A Ginecologia e a Obstetrícia são consideradas áreas básicas do conhecimento em medicina, isto é, todos os médicos, mesmo os não especialistas, devem possuir conteúdo suficiente para prestar o cuidado à saúde da mulher de maneira qualificada. “A tecnocracia, institucionalização e medicalização do parto associam-se ao aumento de cesarianas, à prematuridade e à desumanização do nascimento. O conceito de atenção humanizada na assistência obstétrica é amplo e pode contemplar diversos significados e envolve um conjunto de conhecimentos, práticas e atitudes que visam à promoção do parto e do nascimento saudáveis e a prevenção da morbimortalidade materna e perinatal. Por isso, cada vez mais as escolas médicas têm focado em estratégias que propiciem aos seus estudantes conhecimento, bem como habilidades básicas para a prática” afirma a docente.   O LAHEM representa uma alternativa de apoio pedagógico, atuando como uma atividade antecipatória das práticas de treinamento de habilidades com o paciente, preparando o estudante para o exercício técnico e intelectual de sua futura profissão, pautado nos preceitos da bioética. “Deste modo, o uso do Laboratório de Habilidades e Simulação é uma das mais modernas formas de expressão da educação médica moderna. É onde ocorre a metodologia ensino-aprendizagem destinada à fixação do conhecimento teórico em relação às habilidades e competências exigidas para o exercício da profissão, tal qual previsto nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de medicina” explicou a docente do curso, Profª Drª Denise.  
Medicina
Publicado em 12/12/2018 por Mauro Assi

ÚLTIMO DIA PARA MATRÍCULAS DE VESTIBULANDOS

            Hoje, 12 de novembro, é o último dia para matrícula dos vestibulandos aprovados no processo seletivo unificado 2019 da UNIFIPA. Os candidatos classificados devem procurar o câmpus correspondente ao seu curso para efetuar a matrícula até às 21h - Câmpus Sede ou Câmpus São Francisco.              Para efetivar a matrícula o candidato deve pagar a primeira mensalidade do curso (estipulado na Portaria nº 24/2018), apresentar 2 cópias do RG, duas cópias da certidão de nascimento, 1 cópia do título de eleitor, cópia do documento militar (quando do sexo masculino), cópia do CPF, duas cópias do certificado de conclusão do Ensino Médio ou histórico escolar e duas fotos 3x4.             Não será formada turma nos cursos com menos de 35 alunos. Neste caso, o candidato pode aproveitar o processo seletivo para outro curso constante no edital. O edital de classificação e as informações referentes a cada curso estão disponíveis pelo link http://unifipa.com.br/site/documentos/1_edital_convoc_matricula_unific_2019.pdf  
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 12/12/2018 por Mauro Assi

HOSPITAL PADRE ALBINO VENCE A ÚLTIMA PROVA SOCIAL DA GINCANA

O Hospital Padre Albino (Equipe Branca) foi o vencedor da quarta prova mensal obrigatória da I Gincana Socioeducativa da Solidariedade, promovida pela Fundação Padre Albino entre seus funcionários em comemoração aos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. A última prova social realizada pelas equipes entre os dias 01 a 29 de novembro arrecadou cerca de 6.180 produtos alimentícios não perecíveis e materiais de higiene e limpeza. O resultado final desta prova foi: Hospital Padre Albino – 2.346,5 itens – 13.262 pontos; AME Catanduva – 962 itens – 8.417 pontos; Hospital Emílio Carlos - 674 itens – 6.339 pontos; PAS – 864 itens - 4.721 pontos; UNIFIPA – 837 itens – 4.165 pontos; Recanto Monsenhor Albino - 417 itens – 2.539 pontos; Coordenadoria Geral – 88 itens – 292 pontos; Colégio Catanduva - 0 item e 0 ponto. O encerramento da gincana será no dia 15 de dezembro próximo, às 8h30, nas dependências do Complexo Esportivo Prof. Ivo Dall’Aglio da UNIFIPA, seguido de confraternização entre todos os funcionários da Fundação. Após essa prova, o ranking geral da gincana ficou assim: 1º - Hospital Padre Albino – 33.894,5 pontos 2º - Hospital Emílio Carlos – 20.469 pontos 3º - UNIFIPA – 17.628 pontos 4º - PAS – 16.704 pontos             5º - AME Catanduva – 10.447,6 pontos            6º - Recanto Monsenhor Albino – 7.048 pontos 7º - Coordenadoria Geral – 6.693 pontos 8º - Colégio Catanduva – 2.349 pontos  
Fundação Padre Albino
Publicado em 07/12/2018 por Mauro Assi

PROF. VALIATTI PRESIDE O CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA INTENSIVA

O Prof. Dr. Jorge Luís Valiatti, coordenador do curso de Medicina da UNIFIPA e médico responsável pelas UTIs dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos, participou, de 29 de novembro a 01 de dezembro, do XXIII Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva, organizado pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira/AMIB. Juntamente com a Profª Flávia Machado, da UNIFESP, Dr. Valiatti foi presidente do Congresso e ainda participou das atividades científicas.              “Uma imensa honra e o reconhecimento da Associação de Medicina Intensiva Brasileira ao professor  coordenador do curso de Medicina do Centro Universitário Padre Albino e das UTIs dos hospitais-escola da Fundação Padre Albino. A UTI do Hospital Padre Albino formou mais de 35 médicos intensivistas dispersos por todo o país”, disse ele. Segundo o Prof. Valiatti “é  muito gratificante observar a influência da medicina intensiva nos alunos e residentes que por aqui passam”.             Durante o congresso foi lançado o livro de Terapia Intensiva Oncológica pela Editora Rubio, que tem a participação do Prof. Jorge Valiatti e Prof. Sérgio Baldisseroto, da PUC de Porto Alegre, no capítulo “Ventilação mecânica invasiva em pacientes oncológicos”. O evento, realizado na Transamérica Expo Center, em São Paulo, reuniu mais de 3.400 participantes, sendo 29 convidados internacionais e 249 convidados nacionais.             O Prof. Valiatti organizou e participou também do workshop de Ventilação Mecânica no pré-congresso, realizado na sede da Medtronic em São Paulo, foi palestrante na XXV Jornada de Medicina Intensiva do Hospital Albert Einstein com a palestra “Como posicionar os pacientes na SDRA?” e no último dia 02, após o congresso, foi um dos avaliadores da estação prática de ventilação mecânica na prova de título de Especialista da AMIB.  
Medicina
Publicado em 06/12/2018 por Mauro Assi

GINCANA ENCERRA A PROGRAMAÇÃO DOS 100 ANOS DA CHEGADA DE PADRE ALBINO

No dia 15 de dezembro, a partir das 8h00, no Complexo Esportivo do Câmpus Sede da UNIFIPA, será realizada a final da I Gincana Socioeducativa da Solidariedade iniciada em agosto passado e que encerra as comemorações dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. Na final as equipes vão disputar as provas Desafio matemático, Telefone sem fio, Quiz do livro sobre Padre Albino e provas surpresas e a vencedora receberá troféu e seus integrantes um dia de folga, além de participarem do sorteio de um brinde especial. Após o encerramento, todos os funcionários da Fundação participam de confraternização no próprio local. O presidente da Diretoria Administrativa, Dr. Amarante, disse que o grande objetivo da gincana foi alcançado, ou seja, a integração dos funcionários. “O desenvolvimento do espírito de liderança, senso crítico e companheirismo são características estratégicas de toda e qualquer boa instituição; por isso, a Fundação Padre Albino investe e desenvolve atividades que contribuem para isso”, comemora.  
Fundação Padre Albino
Publicado em 05/12/2018 por Mauro Assi

bcurso medicina


Rua dos Estudantes, 225
Cep: 15809-144 - Catanduva / SP
(17) 3311-3328

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA